Links

ENTREVISTA



BEATRIZ ALBUQUERQUE


Beatriz Albuquerque vive e trabalha entre o Porto e Nova Iorque, onde desde 2009 frequenta um doutoramento na Columbia University. Conhecida pelas suas práticas interdisciplinares entre a performance e o multimédia, foi já galardoada com vários prémios a nível nacional e internacional. Em conversa com a Artecapital, Beatriz Albuquerque fala do seu percurso artístico e do actual papel social e político que a performance pode desempenhar.
LER MAIS

O ESTADO DA ARTE



SÉRGIO PARREIRA


CONDO: UM NOVO CONCEITO CONCORRENTE À TRADICIONAL FEIRA DE ARTE?
Condo debutou este mês a sua primeira edição em Nova Iorque, que se segue à pioneira de Londres, que em Janeiro de 2017 inaugurou a sua segunda apresentação. Condo vai buscar o seu nome à palavra “condominium”. Um condomínio é entendido como um conjunto de edificações, que partilham espaços comuns a todos eles, maioritariamente de lazer, e que podem ser disfrutados por todos os “habitantes” desse local. Condo é uma exposição colaborativa de larga escala, em que galerias numa determinada cidade acolhem exposições de galerias oriundas de outros países ou cidades que não aquela onde a iniciativa se vai realizar.
LER MAIS

::: NEW PLACES, OLD BONES ::: SÃO TRINDADE
(+)

PERSPETIVA ATUAL

NATÁLIA VILARINHO


PROPELLER, UMA HÉLICE EM MOVIMENTO
O que acontece quando se juntam cinco fotógrafos e professores de fotografia com vontade de criar algo completamente diferente no panorama das publicações do género em Portugal? Uma revista que é muito mais do que uma revista. O número zero da propeller foi apresentado no passado dia 22 de Junho em Lisboa e é diferente. O papel é diferente, a capa é diferente e toda a apresentação exterior joga com o interior de modo a criar uma identidade muito própria.
LER MAIS


OPINIÃO

LUÍS RAPOSO


PATRIMÓNIO CULTURAL E MUSEUS: O QUE ESTÁ POR DETRÁS DOS “CASOS”
Os “casos” sucedem-se. Será tudo isto apenas coincidência? Estará o simpático ministro a ser vítima somente de uma conjuntura astral desfavorável, porventura até já arrependido da sorte que lhe coube e, quem sabe, disposto a “ir à bruxa”? Aquilo que verdadeiramente une e explica toda esta catadupa de “casos” é uma mistura explosiva entre ideologia liberal de mercado, promotora da desqualificação e mesmo retirada do Estado de amplas áreas da vida social, e inimaginável falta de meios na área da Cultura.
LER MAIS

ARQUITETURA E DESIGN

CONSTANÇA BABO


PASSAGENS DE SERRALVES PELO TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO DE LEIXÕES
O recente edifício do Terminal de Cruzeiros foi inaugurado no dia 23 de julho de 2015, mediante uma cerimónia oficial de importância equivalente à do próprio espaço, o "maior projeto de sempre de abertura do porto à cidade" segundo afirmou a APDL à agência Lusa. Da autoria do arquiteto Luís Pedro Silva, constatamos tratar-se de uma construção complexa e singular. Apresenta-se como um espaço amplo, despojado e, como se observa noutros projetos do mesmo arquiteto, parte de uma concepção e geometria contemporâneas que criam uma relação de proximidade e harmonia com o ambiente natural em redor.
LER MAIS

MÚSICA

RICARDO ESCARDUÇA


SUGESTÕES ADICIONAIS A MEIO DE 2017
Atravessada metade de 2017, e pisando vários terrenos da música, destacamos sugestões adicionais de trabalhos que marcam os primeiros seis meses do ano: SHANNON WRIGHT; ACTRESS; TASHAKI MIYAKI e SUPERPOZE.
LER MAIS

BLOGSITE EM RESIDÊNCIA

How to see Francis Picabia — with Lisa Yuskavage and MoMA curator Anne Umland







:: Série Brasil Visual está disponível para download

:: Mais de 200 livros e catálogos do Museu Guggenheim disponíveis online para download



PREVIEW

XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira | 15 Jul a 16 Set, Vila Nova de Cerveira


Mais de 500 participantes de 35 países, e mais de 600 obras de arte.
LER MAIS

EXPOSIÇÕES ATUAIS

COLECTIVA

ENDLESS SPACE : PROPOSITIONS FOR THE CONTINUOUS


Galeria Vertical do Silo Auto, Porto

A presente mostra de arte funciona numa dinâmica coletiva de ocupação do lugar, mas também, individualmente, piso a piso, cada obra pulsando e manifestando-se por si, na sua independência autoral e criativa. Dada a sua familiaridade com distintas práticas artísticas, um conhecimento profundo da sua multiplicidade e dos seus cruzamentos, e uma consciência plena das possibilidades espaciais e artísticas com que se depara, Andreia Garcia concebeu uma exposição tão estruturada e harmoniosa quanto inesperada.
LER MAIS CONSTANÇA BABO

EMILY WARDILL

MATT BLACK AND RAT


Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa
Matt Black and Rat, de Emily Wardill, coloca-nos numa posição difícil, enquanto espectadores. A tragédia, o horror e o desespero materializam as condições para a construção de uma instalação de obras plásticas, que, por sua vez, nos remete para outras duas novas obras cinematográficas.
LER MAIS JOANA CONSIGLIERI

FELIX GONZALEZ-TORRES

FELIX GONZALEZ-TORRES


David Zwirner - 20th Street, Nova Iorque
Esta exposição, num espaço que arquitetonicamente é extremamente imponente, com linhas muito marcadas e materiais pesados, cimento e madeira maciça, é todo ele um pouco quebrado por esta espécie de obras habitadas pela inexistência do corpo físico, cuja ocupação e características, permitem apesar de tudo, que as obras respirem de forma fluída.
LER MAIS SÉRGIO PARREIRA

COLECTIVA

O Fotógrafo Acidental. Serialismo e Experimentação em Portugal, 1968-1980


Culturgest, Lisboa
De cada um dos dez fotógrafos apresentados, só vemos séries. Não imagens únicas, autónomas, ligadas a um instante decisivo, mas conjuntos, construções de uma obra a partir de uma série de fotografias, sequências temporais, mas também geográficas e políticas, nos quais o sentido colectivo é mais rico do que aquele de cada imagem.
LER MAIS MARC LENOT

COLECTIVA

THEM OR US!, Um Projecto de Ficção Científica, Social e Política


Galeria Municipal do Porto, Porto
Com o título Them or us e uma justaposição de práticas, formas e conceitos, a exposição começa por requerer um reconhecimento da proposta de Paulo Mendes. Trabalhando de um modo muito complexo e inteligente, que lhe é característico, o comissário interessa-se, em primeiro lugar, pelo aspeto cenográfico da exposição. Procura provocar uma experiência cénica, com um caráter de espetáculo avassalador e a efemeridade de um momento irrepetível.
LER MAIS CONSTANÇA BABO

JOÃO MARIA GUSMÃO E PEDRO PAIVA

OS ANIMAIS QUE AO LONGE PARECEM MOSCAS


Oliva Núcleo de Arte, S. João da Madeira
Conhecidos pelos vídeos de 16mm, João Pedro Gusmão e Pedro Paiva constroem curtas narrativas sem som que exploram a relação e a convivência entre as áreas da arte e da ciência. Ao mesmo tempo, elaboram um trabalho e uma complexa pesquisa sobre o terreno que se encontra entre essas duas esferas e onde residem os domínios da realidade e da ficção.
LER MAIS CONSTANÇA BABO

COLECTIVA

EXPOSIÇÃO / COMPOSIÇÃO, VARIAÇÃO Nº2


Galeria Vertical do Silo Auto, Porto
Se cada exposição cria, inevitavelmente, um percurso, Exposição / Composição, Variação nº 2 é uma exposição com um percurso particular: na vertical - o pensamento de quem vê também se exerce nos glúteos. Uma exposição / composição onde a forma está presente na própria constituição da exposição: a criação de um todo, com um limite marcado e uma harmonia estabelecida. Um coro.
LER MAIS CATARINA REAL