Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


ARTISTA ISRAELITA EM PRISÃO DOMICILIÁRIA POR DEFECAR NA BANDEIRA NACIONAL

2014-11-06




Natali Cohen Vaxberg, a artista israelita que chamou a atenção no verão passado quando partilhou um vídeo de si mesma a defecar na bandeira nacional de Israel, foi colocada sob prisão domiciliária, relata o Jerusalem Post.

Cohen Vaxberg foi detida para interrogatório no último domingo. A artista está confinada na sua residência, em Tel Aviv, e foi proibida de usar a Internet por 30 dias, como resultado de profanar um símbolo nacional, disse um porta-voz da polícia. A artista afirmou que ainda estão a decidir se lhe vai ser apresenta uma queixa.

Em 18 de julho, alguns dias depois de o governo de Israel ter lançado a sua incursão militar em Gaza, Cohen Vaxberg publicado on-line o seu vídeo “Merda em vez de sangue”. O vídeo mostra a artista ocupando uma casa de banho e a defecar em diversas bandeiras nacionais, incluindo as de Israel, Palestina, França, EUA e Reino Unido, ao som de uma faixa de Frédéric Chopin.

Cohen Vaxberg, que é descrita pelos media israelitas como defensora de ideias de extrema-esquerda, já tinha provocado polémica no início de 2014 com outro vídeo com ela mesma, filmado no Yad Vashem, memorial oficial de Israel para as vítimas do Holocausto, em Jerusalém. Nesse vídeo, a artista assumiu a persona do Holocausto e proclamou: "Eu sou o Holocausto, a melhor coisa que já vos aconteceu", argumentando que o Holocausto levou à criação de Israel e à perseguição de palestinianos.


Fonte: artnet