Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


POETA URUGUAIA IDA VITALE VENCE PRÉMIO CERVANTES

2018-11-15




A poeta uruguaia Ida Vitale é a vencedora do Prémio Cervantes 2018, o mais importante prémio da literatura em castelhano, com um valor de 125 mil euros.

A escritora nascida em Montevideo em 1923 tem uma obra que é geralmente considerada na linha da poesia essencialista.

"Este prémio reconhece uma trajetória poética, intelectual, crítica e tradutora de primeira ordem", disse o ministro espanhol da Cultura, José Guirão, lendo o comunicado do júri.

Vitale é a quinta mulher reconhecida com o Cervantes, que já foi entregue a 40 homens. Até agora apenas as espanholas María Zambrano (1988) e Ana María Matute (2010), a cubana Dulce María Loynaz (1992) e la mexicana Elena Poniatowska (2013) foram premiadas.

Este ano, o júri interrompe uma regra não escrita do Prémio Cervantes que desde 1996 é entregue, alternadamente, a um autor espanhol e a um latino-americano. Porém, no ano passado, o prémio foi para Sergui Ramírez, da Nicarágua.

Este ano, Ida Vitale, de 95 anos, foi também agraciada com o FIL, um dos mais importantes prémios da literatura latino-americana, concedido a autores vivos. Antes disso, já tinha sido agraciada, entre outros, com o Prémio Octavio paz (2009), o Prémio Alfonso Reyes (2014), o Prémio Internacional de Poesia Federico García Lorca (2016) e o Prémio Max Jacob (2017).


Fonte: Diário de Notícias