Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


ARTISTA ACTIVISTA PYOTR PAVLENSKY DETIDO POR DIVULGAR VÍDEO DE SEXO DE POLÍTICO FRANCÊS

2020-02-17




O artista russo Pyotr Pavlensky e a sua namorada Alexandra de Taddeo foram detidos e interrogados pelas autoridades francesas sobre a divulgação de um vídeo sexualmente explícito e mensagens de texto, que obrigaram o político francês e membro do La Republique en Marche de Emmanuel Macron (LREM), Benjamin Griveaux, a desistir da sua candidatura a presidente da câmara de Paris. De Taddeo foi inicialmente detida no sábado após uma queixa de invasão de privacidade apresentada por Griveaux. No domingo, a ministra da Saúde da França, Agnès Buzyn, deixou o cargo e anunciou que estava substituindo Griveaux como candidata do LREM.

Pavlensky foi detido por acusações decorrentes de um incidente separado, mas desde então admitiu ter divulgado o vídeo e as mensagens, dizendo à AFP que fizera isso para expor a hipocrisia de Griveaaux, de quem ele afirma 'trazer constantemente à tona os valores da família, que diz querer ser o autarca das famílias e sempre cita a sua esposa e os filhos como exemplo'. Pavlensky afirmou que este é o primeiro vídeo exibido no que será um site de 'porno político' que ele criou para desvendar a vida dupla dos políticos.

Pavlensky já apareceu anteriormente nas notícias pela sua arte activista, principalmente em 2013, quando prendeu os testículos às pedras da frente da Praça Vermelha em Moscovo, protestando contra o governo russo. Em 2015, ele foi preso por incendiar as portas do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB).

Pavlensky reside em França desde 2017, onde procurou asilo entre alegações de agressão sexual.



Fonte: ArtReview