Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


ARTISTA VENDE OS SEUS ÓVULOS COMO NFT NA ART BASEL MIAMI BEACH

2021-12-07




A Art Basel Miami Beach tem sido inundada por discussões intensas e revelações de novos NFTs - e agora uma artista está a vender os seus óvulos de forma controversa como um token não fungível. Este choque NFT poderia ganhar vida própria.

A artista arménia Narine Arakelian, 42, diz que seu o primeiro NFT será uma pintura intitulada “Live” - que incluirá um contrato embutido prometendo um dos seus óvulos ao comprador.

NFTs, ou tokens não fungíveis, são um tipo de forma de arte digital, criada e verificada como uma obra de arte única com autenticação blockchain e comprada e vendida usando criptomoeda. Arakelian diz que espera totalmente que a pessoa que comprar o NFT conceba um filho do seu óvulo, acrescentando que espera que ele seja comprado por um casal que tem problemas para engravidar.

“Estou muito feliz por trazer uma criança ao mundo através da minha arte”, disse Arakelian, que é mãe de um filho de 21 anos. “É um belo ato de criatividade dar o presente da arte e da vida.”

“As minhas obras de arte são todas as minhas crianças e o facto de esta obra realmente poder produzir uma criança é maravilhoso”, continuou. “A arte sempre significará muito para o comprador porque trouxe o seu filho! Sempre carregará aquela memória especial.”

Arakelian também esclareceu que "a criança será uma criança assim que nascer, não uma obra de arte". Arakelian está a exibir um tríptico intitulado “Love, Hope, Live” na Art Miami, numa das feiras satélites da prestigiosa Art Basel Miami Beach. Ela criará o NFT a partir da parte “Ao vivo” da pintura.

Arkelian é uma artista arménia nascida na Sibéria que divide o seu tempo entre Los Angeles e Moscovo. Formou-se no State Surikov Institute, Moscovo, em 2015, depois completou um estágio de um ano no Departamento de Artes Digitais da Academia de Arte de Los Angeles.

A sua arte combina artes visuais e performáticas usando novas tecnologias digitais e concentra-se em questões sociais, culturais e políticas, como estereótipos de identidade de género e mulheres. O seu trabalho anterior inclui transformar a icónica escada em espiral do século XV do Palazzo Contarini del Bovolo em Veneza num impressionante farol multicolorido na Bienal de Veneza em 2019. Em seguida, fez uma performance na qual passou pelas salas de exposição e descartou elementos da sua fantasia até que se deixou ficar nua.

Os NFTs foram o assunto mais quente na Art Basel Miami Beach na passada semana. As peças para comprar incluíam o vestido Versace de Tina Turner, e o ex-corretor de Donald Trump, Michael Cohen, a colocar o seu distintivo de prisão à venda.

E – going where no one has gone before — a assinatura autêntica do criador de “Star Trek”, Gene Roddenberry, foi codificada no DNA de um organismo bacteriano vivo e exibida na Art Basel. A peça é apelidada de "first living, eco” NFT, já que a bactéria infundida com arte foi "criada e armazenada em material orgânico" e "promete a net-zero" potencialmente "categorização ambiental de carbono negativo", de acordo com um comunicado à imprensa.


Fonte: ArtNetNews