Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA

Outras recomendações:

wanderings


Coletiva
Cristina Guerra Contemporary Art, Lisboa

Saga


Pedro Barateiro
Galeria Filomena Soares, Lisboa

Fifty-Fifty (50|50)


Noé Sendas Rui Calçada Bastos
Galeria Miguel Nabinho, Lisboa

O Gosto solitário de Gravar


Ana Galvão
Galeria Quadrum, Lisboa

História da Vida Privada


Pedro Valdez Cardoso
Galeria 111, Lisboa

A New perspective on Alexander M collection


Rui Macedo
Galeria Municipal Vieira da Silva, Loures

Sem destino a


Coletiva
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

Uma Fresta de Possibilidade. Duas Coleções em Diálogo


COLECTIVA
Fórum Eugénio de Almeida, Évora

Por que os peixes saltam por cima da superfície da água?


Oscar Holloway
Museu Geológico - LNEG , Lisboa

Secrets to Tell


Grada Kilomba
MAAT, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 

share |

COLECTIVA

Endless Space: Propositions for the Continuous




GALERIA VERTICAL DO SILO AUTO
Rua de Guedes de Azevedo, 180
PORTO

07 JUL - 29 OUT 2017


INAUGURAÇÃO: 7 de Julho, 21h0



"Endless Space: Propositions for the Continuous"
Curadoria de Andreia Garcia


Artistas:
Piso 7: Nuno Cera
Sem título (LOS ANGELES X 2), 2009
Fotografia

Piso 6: Jérémy Pajeanc
Tour de Contrôle, 2017
Vídeo

Piso 5: Luísa Salvador
Trilhos, 2017
Técnica mista s/papel

Piso 4: Fernanda Fragateiro
Demolição 3, 2017
Fragmentos de alvenaria provenientes de demolição

Piso 3: João Mendes Ribeiro
In the looking glass, 2017
Moldura em chapa quinada e espelho

Piso 2: Horácio Frutuoso
Fugitivo, 2017
Vinil recortado, tinta acrílica, lâmpada fluorescente e sapatilhas

Piso 1: Manuel Graça Dias
A encomenda, 2013
Vídeo



"Endless Space: Propositions for the Continuous" é nome da terceira exposição coletiva apresentada pela Galeria Vertical do Silo Auto. Composta por sete obras, a mostra propõe-se a contribuir para a expansão dos limites da arquitetura, o seu entendimento e o seu papel.
Inaugurada em dezembro de 2016, a Galeria Vertical do Silo Auto recebe de 7 de julho a 29 de outubro a sua terceira exposição coletiva, convidando uma vez mais o público a percorrer os sete patamares da escadaria do parque de estacionamento para conhecer sete obras individuais. A nova mostra, intitulada "Endless Space: Propositions for the Continuous", tem curadoria da arquiteta Andreia Garcia.

A exposição debruça-se sobre o edifício e apresenta ideias passíveis de gerar reflexões e dinâmicas individuais sobre experiências e práticas espaciais. Trata, assim, da experiência do percurso helicoidal proporcionado pelo Silo Auto. O trajeto automóvel serve de base para uma reflexão contemporânea acerca das questões da arquitetura, da sua experiência, da sua história e do seu uso futuro, a partir de explorações artísticas.

Estruturada sobre discursos complementares, colaborativos e implícitos na arquitetura, esta exposição procura o carácter do edifício a partir de sete obras individuais, organizadas separadamente em cada um dos sete patamares da escadaria do edifício. Em vez de haver um percurso linear, contínuo, desenhado com um início e um fim únicos, qualquer uma das peças, de qualquer um dos autores, poderá ser o ponto de partida e/ou de chegada para a experiência do visitante.

Artistas e arquitetos foram convidados a interpretar a ascensão do percurso em movimento, como procura do infinito e do contínuo, aludindo ao papel do desenho, do tempo, da vida, do fluxo e dos limites na experiência arquitetónica. A mostra pretende representar uma parte da arquitetura discutindo-a, discursando sobre ela, permitindo-lhe novas vivências através de partes imaginadas e reencenadas.

Composta por sete obras e cruzando várias disciplinas, "Endless Space: Propositions for the Continuoues" propõe-se a contribuir para a expansão dos limites da arquitetura, o seu entendimento, e o seu papel. Nuno Cera traz-nos uma paisagem infinita e a exploração das possibilidades do imaginário; Jeremy Pajeanc, entre a ficção e a realidade, convida à exploração de um espaço continuadamente misterioso, mas livremente preso; Luísa Salvador difunde as ideias sobre o universo (ir)repetível do deserto, criando uma homenagem à paisagem e ao tempo; Fernanda Fragateiro incita à criação de narrativas sobre as infinitas estórias de (e da) vida da arquitetura; João Mendes Ribeiro apresenta uma proposta alternativa sobre o percurso ou sobre a possibilidade de vislumbrar um caminho, alcançável a partir do vão; Horácio Frutuoso expõe o estímulo a um novo entendimento sobre a repetição como modo de contínuo; e Manuel Graça Dias reapresenta um percurso sobre uma obra como forma de reflexão sobre o habitar, sobre o repetido habitar.

A acompanhar a inauguração na Galeria Vertical, marcada para as 21,30 horas de 7 de julho, será exposta no último piso do Silo Auto uma instalação audiovisual, concebida pelo Openfield Lab e que usa sons capturados e editados em workshops promovidos pela PortoLazer a 1 e 2 de julho.

A partir das 23 horas, o público poderá ainda assistir a à atuação de UNO, projeto de música eletrónica ambiental e de dança, desenvolvida em performances ao vivo por Filipe e João Teixeira, com caixas de ritmo, sintetizadores, samplers e sequenciadores.