Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Espelho | Constelações II: uma coreografia de gestos mínimos


Rui Sanches | Coletiva
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Pauliana Valente Pimentel


O Narcisismo das pequenas diferenças
Arquivo Municipal de Lisboa/Núcleo Fotográfico, Lisboa

PLANT REVOLUTION!


Coletiva
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

IMAGO LISBOA PHOTO FESTIVAL


Coletiva
Vários locais/Lisboa, Lisboa

Ponto de Partida


NELSON LEIRNER
Galeria Graça Brandão (Lisboa), Lisboa

Quinta do Monte | 1983 - 1988


LOURDES CASTRO . MANUEL ZIMBRO
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

3º Aniversário MAAT


Open Weekend
MAAT, Lisboa

ESPAÇO INTERIOR | INNER SPACE


Espaço Interior | Inner Space
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

CONTEMPORARY INTERVENTIONS IN MEMORY: DIALOGUES AND SILENCE


Coletiva
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

Espelho


RUI SANCHES
Galeria Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


ILHÉSTICO

um roteiro de arte contemporânea para a cidade do Funchal




FUNCHAL
Funchal


05 SET - 06 SET 2019


Com inauguração marcada para os próximos dias 5-6-7 de setembro, a exposição coletiva "Ilhéstico" transforma a cidade do Funchal num epicentro de arte contemporânea, assinada por quase meia centena de artistas/criadores madeirenses.

A Porta 33 e o comissário da exposição, Miguel von Hafe Pérez, convidam toda a comunidade a desfrutar desta imensa e intensa experiência de partilha e mundividência(s), através de uma inaugural geometria do corpo inteiro da cidade.

Mais do que uma exposição, “um roteiro de arte contemporânea para a cidade do Funchal”. Um acontecimento inédito, realizado com o apoio da Câmara Municipal do Funchal, a que a Porta 33 chamou Ilhéstico. O nome é inspirado na célebre série de pinturas de Álvaro Lapa, intitulada Campéstico, em que os conceitos campo e doméstico se intersetam.

Ilhéstico é uma construção ambiciosa erigida por uma frente de 45 criadores, 45 a celebrar os 30 anos da Porta 33, polo cultural que, ao longo das últimas três décadas, tem servido de pouso e rampa de voo a várias gerações de artistas. Gente cheia de mundo dentro; gente que, a partir deste território, quis e soube erguer a sua voz no mundo.

A 5 de setembro, começa esta viagem intensa pela nossa cidade, com intervenções nalgumas das suas mais emblemáticas moradas. Além da Porta 33, outras portas se abrirão a esta ‘festa’: lojas centenárias, museus, monumentos e outros espaços culturais irão acolher criações declinadas nas mais diversas linguagens artísticas.

Ilhéstico propõe uma redescoberta do corpo da cidade, numa perspetiva contemporânea, através da sua paisagem, da sua arquitetura, da sua história e das suas vivências. Ilhéstico é, por isso, muito mais do que uma exposição; é uma experiência, ou melhor, uma convocação para um encontro de experiências, que se manterão vivas no tempo e no espaço. Miguel von Hafe Pérez, amigo de longa data da Porta 33, e curador do projeto, não faz por menos. Nem poderia, nem saberia. Nesta entrevista, explica porquê e fala-nos em pormenor do [tanto] que aí vem. Do princípio de tudo a este “exercício radical”.