Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Paulo Nozolino, sem título, da série "bone lonely"

Outras recomendações:

Casa Aberta


Henrique Neves
Arquivo Municipal de Lisboa/Núcleo Fotográfico, Lisboa

COLECTIVA


Finalistas de Pintura da Belas Artes 15´16
Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

CASTAS


Colectiva
Herdade do Rocim,

ENSAIOS (SOBRE A MESA) - A partir da coleção do Museu de Lisboa


COLECTIVA - alunos da pós-graduação em Curadoria de Arte,
Galeria Quadrum, Lisboa

Sever


Ana Lupaș, Beatrice Marchi, Christodoulos Panayiotou, Eloise Hawser, Gonçalo Preto, Jason Dodge, Joanna Piotrowska, Namsal Siedlecki, Nick Bastis
Galeria Boavista, Lisboa

Um campo depois da colheita para deleite estético do nosso corpo


Alberto Carneiro
Culturgest (Porto), Porto

Now and Ever | Oliveiras


Renée Gagnon
Museu das Comunicações, Lisboa

Raio X de uma prática fotográfia


FERNANDO GUERRA
,

Where and When


Ana Jotta, Daniel Gustav Cramer, Gil Heitor Cortesão, Luís Paulo Costa and Paulo Brighenti
Galeria Pedro Cera, Lisboa

Cartazes Cubanos da OSPAAAL 1960-1980


Colectiva
ZDB - Galeria Zé dos Bois, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 

share |

PAULO NOZOLINO

bone lonely




GALERIA QUADRADO AZUL (ANTIGO ESPAÇO EM LISBOA)
Largo dos Stephens, 4
1200-457 LISBOA

09 JAN - 21 FEV 2009


Inauguração: 9 de Janeiro de 2009


PRESS RELEASE

Primeira exposição ondividual de Paulo Nozolino desde 2001, em Lisboa, na Galeria Quadrado Azul.

“bone lonely” é o título da exposição que PAULO NOZOLINO mostra na Galeria Quadrado Azul, em Lisboa, a partir de 9 de Janeiro até 21 de Fevereiro 2009, e de um livro a publicar pela editora alemã Steidl. Esta exposição estará igualmente presente em Julho de 2009 nos 40 anos dos Rencontres d’Arles, França.


Paulo Nozolino , 53 anos, nasceu em Lisboa. Com base em Londres, entre 1975-78, estudou fotografia e começou uma longa série de viagens pela Europa, América e Ásia. Viveu em Paris durante a década de 90. Bolseiro da Villa Médicis em 1994-5, publica “PENUMBRA” (Scalo 1996), resultado de doze anos de viagens pelo mundo árabe, com exposição em Lisboa no CCB. Recebe o Grand Prix de la Photographie, Vevey, Suiça em 1995 para trabalhar no projecto “SOLO”, uma incursão solitária sobre o estado da Europa, de Auschwitz a Sarajevo, premiado com o Oskar Barnack Award, Arles 1998. Em 1999 trabalha com Robert Frank no filme “San Yu” em Paris e parte em seguida para Macau onde concebe “FIM”, que expõe na Culturgest, Lisboa, 2001. A Maison Européenne de la Photographie, Paris, dedica-lhe uma exposição em 2001 intitulada “NADA”. Uma grande exposição antológica é feita pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves, no Porto e o livro “FAR CRY”, publicado pela Steidl em 2005, recebe o Deutscher Fotobuchpreis, Stuttgart no mesmo ano. Aceita o Prémio Nacional de Fotografia em 2006, pelo conjunto da sua obra. Vive e trabalha entre Lisboa e Paris.