Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Las Golondrinas


Maya Saravia
Balcony, Lisboa

Public


Gerry Bibby
Lumiar Cité - Maumaus, Lisboa

No dia seguinte está o agora


Colectiva
CAPC - Círculo de Artes Plásticas, Coimbra

Físicas do Património Português. Arquitetura e Memória


COLECTIVA
Museu de Arte Popular, Lisboa

HSD (HIC SVNT DRACONES)


Ana Morgadinho
A Montanha, Lisboa

Desenho Interrompido


Ricardo Jacinto
CAV - Centro de Artes Visuais, Coimbra

The Man with the Golden Arm


João Fonte Santa
Caroline Pagès Gallery, Lisboa

JAIME ou o desenho que nos dá o mundo


Colectiva
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Raiz


Helena Gonçalves
Atelier de Lisboa - Escola de Fotografia e Centro de Artes Visuais, Lisboa

LITANIA


ANTÓNIO SENA
Giefarte - Galeria de Arte, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


MATTIA DENISSE

'Histórias Assímptotas do Homem Sem Cabeça da Mulher Geométrica do Macaco e da Morte'




GALERIA BESSA PEREIRA
Rua de S. Bento, 426
1200-718 LISBOA

03 JUN - 02 AGO 2014


INAUGURAÇÃO: 3 de Julho, 19h


A Galeria Bessa Pereira vai inaugurar a 3 de Julho a sua primeira exposição de Arte Contemporânea. Como transmitimos já a todos os nossos amigos e clientes a inclusão de duas exposições anuais de Arte na programação normal de Design da Galeria acontece como resultado natural das interligações existentes entre uma e outra disciplina. Procurando evidenciar de forma mais refletida esta ligação, realizaremos em breve uma exposição dedicada á abordagem feita por artistas plásticos ao Design e das práticas artísticas realizadas por Designers.

O artista escolhido para este novo projeto da Galeria é Mattia Denisse (1967). De nacionalidade francesa mas como afirma “não sendo de nenhum lugar em particular”, tem desenvolvido ao longo dos últimos anos, utilizando meios como a escrita, a escultura, o filme, a instalação e o desenho um percurso artístico coerente e singular. Com uma obra inexplicavelmente ainda desconhecida da maior parte do público espectador de Arte Contemporânea, esperamos com esta exposição que percorre os últimos 2 anos do seu trabalho, poder proporcionar a visibilidade que julgamos merecida.

Carlos Bessa Pereira