Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Botticelli – Inferno



Cinemas UCI, Lisboa

Michael Biberstein: X, uma retrospetiva


Julião Sarmento
Culturgest, Lisboa

ROBLES DUELO AL SOL


Sonia Tercero Ramiro
Cinemateca, Lisboa

MB#6 2008-2018 - Miguel Bonneville (integrado no FITEI)


Miguel Bonneville
Palácio do Bolhão, Porto

Rússia - Esse Enigma Uma Cinematografia de Génio(s)


Vários realizadores
Cinema Monumental, Lisboa

Belzebu


Telect
Teatro Maria Matos, Lisboa

Herdeiros ou Heréticos?


João Luís Carrilho da Graça, Pedro Domingos e João Maria Trindade
Casa da Arquitetura, Matosinhos

Novas Perspetivas


Geanine Escobar, Kiluanji Kia Henda e Nástio Mosquito
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Ciclo Colecionar Arte


Armando Cabral e João Mourão + Luís Silva
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

As Práticas Propiciatórias dos Acontecimentos Futuros


Vera Mantero
Culturgest, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


LUÍSA SEQUEIRA

Quem é Bárbara Virgínia?




CINEMATECA
Rua Barata Salgueiro, 39 LISBOA
1269-059 LISBOA

12 JAN - 12 JAN 2018


12/01/2018, 21H30 | SALA M. FÉLIX RIBEIRO

QUEM É BÁRBARA VIRGÍNIA?
de Luísa Sequeira
Portugal, 2017 - 77 min | M/12

Já apresentado na Cinemateca numa versão ainda “work in progress” com apenas vinte minutos, por ocasião da primeira edição do Prémio Bárbara Virgínia, QUEM É BÁRBARA VIRGÍNIA? apresenta-se como um road movie documental, um resgate de memórias, propondo-se como um trabalho de arqueologia emocional que traz à tona a vida e a obra da primeira cineasta portuguesa a realizar uma longa-metragem, que esteve em competição no festival de cinema de Cannes (TRÊS DIAS SEM DEUS, 1946). QUEM É BÁRBARA VIRGÍNIA? foi premiado na última edição do Festival dos Caminhos do Cinema Português.