Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Ciclo de cinema


Manoel de Oliveira Integral – O Visível e o Invisível
Cinemateca, Lisboa

19ª sessão do Ciclo Colecionar Arte


Pedro Alvares Ribeiro+José Pedro Croft
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

Ciclo de encontros, conversas e performances


Questões práticas: desaprender continuamente
Centro de Memória de Vila do Conde, Vila do Conde

LUZAZUL


Masterclass com Miguel Soares
FBAUP - Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto

Dissecação de Um Cisne


Miguel Bonneville
Teatro São Luiz, Lisboa

CHELSEA GIRLS


Andy Warhol
Cinemateca, Lisboa

www.we want waffles #1


JOÃO ESTEVENS
ESPAÇO ALKANTARA , Lisboa

Moi, Corinne Dadat


Mohamed El Khatib
Teatro Nacional D.Maria II, Lisboa

A Gulbenkian e o Cinema Português III


Ciclo de Cinema
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Bernardo Pinto de Almeida


Arte e Infinitude
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


LUÍSA SEQUEIRA

Quem é Bárbara Virgínia?




CINEMATECA
Rua Barata Salgueiro, 39 LISBOA
1269-059 LISBOA

12 JAN - 12 JAN 2018


12/01/2018, 21H30 | SALA M. FÉLIX RIBEIRO

QUEM É BÁRBARA VIRGÍNIA?
de Luísa Sequeira
Portugal, 2017 - 77 min | M/12

Já apresentado na Cinemateca numa versão ainda “work in progress” com apenas vinte minutos, por ocasião da primeira edição do Prémio Bárbara Virgínia, QUEM É BÁRBARA VIRGÍNIA? apresenta-se como um road movie documental, um resgate de memórias, propondo-se como um trabalho de arqueologia emocional que traz à tona a vida e a obra da primeira cineasta portuguesa a realizar uma longa-metragem, que esteve em competição no festival de cinema de Cannes (TRÊS DIAS SEM DEUS, 1946). QUEM É BÁRBARA VIRGÍNIA? foi premiado na última edição do Festival dos Caminhos do Cinema Português.