Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

IMAGES DU MONDE VISIONNAIRE / UN HOMME QUI DORT


Henri Michaux, Eric Duvivier e Georges Perec e Bernard Queysanne
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

O Perene e o Belo: Ecos da Antiguidade Clássica



Centro Cultural de Belém, Lisboa

Encontro "Contrainterpretação"


Catarina Martins
Culturgest, Lisboa

Distância Crítica - 3.º Ciclo (2017 – 2019)


Tham & Videgård
Centro Cultural de Belém, Lisboa

METABOLIC RIFTS II


Maria Iñigo Clavo, Boaventura Sousa Santos, Vivian Ziherl e Fabrizio Terranova
Rivoli Teatro Municipal, Porto

A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood


Rui Lopes
Museu do Oriente, Lisboa

OLD SCHOOL #50


Teatro Praga ​
Rua das Gaivotas 6 , Lisboa

Dripping


Marta Sampaio Soares
A Montanha, Lisboa

CICLO “ÁLVARO LAPA: NO TEMPO TODO”


ARTES PERFORMATIVAS . CINEMA . PENSAMENTO
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Rock´s heart and potato´s spirit


VALERIO NICOLAI
Las Palmas , Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 

share |

MARTA SAMPAIO SOARES

Dripping




A MONTANHA
Rua Lucinda Simões 2


08 FEV - 08 FEV 2018


PERFORMANCE: 8, 10 e 11 de Fevereiro



Dripping
uma performance de Marta Sampaio Soares

quinta-feira 8 de Fevereiro a partir das 21h
sábado 10 de Fevereiro a partir das 18h
domingo 11 de fevereiro a partir das 17h

Duração aproximada da performance: 1h
Entrada livre



A performance “Dripping” de Marta Sampaio Soares nasce do gesto que se repete da criação de uma obra de arte ou de um elemento artístico, como pode acontecer num atelier.

O corpo que repete o gesto até à exaustão dá corpo a uma outra forma, constrói um outro corpo, cada um espelhando o outro, reflectindo o gesto e a intenção, a obra de arte estando tanto no objeto que se constrói, camada após camada, como no gesto.

O gesto e o objeto tornam-se também desenhos no espaço, demarcados, além disto, pelas cores.

Em todos estes elementos e no processo há o factor do acidente e do imprevisto, que com esta performance é trazido do atelier para a galeria. E se bem que com o gesto repetitivo forma-se matéria e técnica, o que está igualmente presente na performance, na repetição do gesto e na obra de arte, é um estado emocional.


:::


Marta Sampaio Soares nasceu em Lisboa, 1968, onde vive e trabalha. Estudou no Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Visual (2013) e concluiu o Master of Fine Arts no Chelsea College of Arts (University of the Arts London) em 2014. Recebeu a bolsa José de Guimarães no Ar.Co e foi finalista do 10º Prémio Amadeo de Souza-Cardoso (2015). Foi ainda artista residente no atelier do artista Haroon Mirza em Londres. Tem vindo a mostrar trabalho em Portugal, Espanha e Londres, de onde se destaca a exposição individual "Repetição" na Galeria da Livraria Sá da Costa e a colectiva "Periplos - Arte Portugués de Hoy" no CAC Málaga.