Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Ciclo de cinema


Manoel de Oliveira Integral – O Visível e o Invisível
Cinemateca, Lisboa

19ª sessão do Ciclo Colecionar Arte


Pedro Alvares Ribeiro+José Pedro Croft
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

Ciclo de encontros, conversas e performances


Questões práticas: desaprender continuamente
Centro de Memória de Vila do Conde, Vila do Conde

LUZAZUL


Masterclass com Miguel Soares
FBAUP - Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto

Dissecação de Um Cisne


Miguel Bonneville
Teatro São Luiz, Lisboa

CHELSEA GIRLS


Andy Warhol
Cinemateca, Lisboa

www.we want waffles #1


JOÃO ESTEVENS
ESPAÇO ALKANTARA , Lisboa

Moi, Corinne Dadat


Mohamed El Khatib
Teatro Nacional D.Maria II, Lisboa

A Gulbenkian e o Cinema Português III


Ciclo de Cinema
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Bernardo Pinto de Almeida


Arte e Infinitude
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


LETÍCIA RAMOS

vídeo, fotografia e instalação




FBAUL - FACULDADE DE BELAS ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA
Largo da Academia Nacional de Belas-Artes
1249-058 LISBOA

11 MAI - 11 MAI 2018


Letícia Ramos estará nas Belas-Artes no dia 11 de maio às 18h00 no Auditório Lagoa Henriques, para apresentar o seu trabalho nas áreas de Video, Fotografia e Instalação.

Vive e trabalha em São Paulo, Brasil.
Estudou Arquitetura e Urbanismo na UFRGS e Cinema na Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP.
O seu foco de investigação artística é a criação de aparatos fotográficos próprios para a captação e reconstrução do movimento, a sua apresentação materializa-se nos mediums de vídeo, fotografia e instalação. Com especial interesse pela ciência da ficção, nas suas séries como ERBF, Bitácora e Vostok, desenvolve complexos romances geográficos. O acaso, a experimentação com o fotográfico e o processo artistico são direções presentes no seu trabalho.
As suas obras já foram expostas em espaços artísticos como Tate Modern, Centro de Arte Pivô, Itaú Cultural, Centro Cultural São Paulo, Parque Lage, Museu Coleção Berardo, Instituto Tomie Ohtake e CAPC- Musée d’art contemporain (Bordeaux).


leticiaramos.com.br