Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

A Incontornável Tangibilidade do Livro ou, o Anti-Livro


Coletiva
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

Descolonizar os museus: isto na prática?


Seminário
ICS - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Lisboa

OP-FILM: UMA ARQUEOLOGIA DA ÓTICA


Filipa César e Margarida Mendes
Hangar - Centro de Investigação Artistica, Lisboa

Lançamento do livro


Teorias da Arte: do Modernismo à Actualidade
Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

Mostra Ameríndia


Percursos do Cinema Indígena no Brasil
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

BoCA 2019


Inaugurações em Lisboa
Vários locais/Lisboa, Lisboa

PLAY IS A SERIOUS MATTER


Eduarda Rosa, Pollyanna Freire, Rita Thomaz e Laura Falé
Fundação Portuguesa das Comunicações,

Programa artístico


SALA DE JOGOS
POGO Teatro, Lisboa

«A shot in the eye»


Lançamento do livro
CAPC - Círculo de Artes Plásticas, Coimbra

FADO MAIOR E MENOR


Raúl Ruiz
Cinema Monumental, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


LETÍCIA RAMOS

vídeo, fotografia e instalação




FBAUL - FACULDADE DE BELAS ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA
Largo da Academia Nacional de Belas-Artes
1249-058 LISBOA

11 MAI - 11 MAI 2018


Letícia Ramos estará nas Belas-Artes no dia 11 de maio às 18h00 no Auditório Lagoa Henriques, para apresentar o seu trabalho nas áreas de Video, Fotografia e Instalação.

Vive e trabalha em São Paulo, Brasil.
Estudou Arquitetura e Urbanismo na UFRGS e Cinema na Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP.
O seu foco de investigação artística é a criação de aparatos fotográficos próprios para a captação e reconstrução do movimento, a sua apresentação materializa-se nos mediums de vídeo, fotografia e instalação. Com especial interesse pela ciência da ficção, nas suas séries como ERBF, Bitácora e Vostok, desenvolve complexos romances geográficos. O acaso, a experimentação com o fotográfico e o processo artistico são direções presentes no seu trabalho.
As suas obras já foram expostas em espaços artísticos como Tate Modern, Centro de Arte Pivô, Itaú Cultural, Centro Cultural São Paulo, Parque Lage, Museu Coleção Berardo, Instituto Tomie Ohtake e CAPC- Musée d’art contemporain (Bordeaux).


leticiaramos.com.br