Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Lançamento do livro: O DESIGN QUE O DESIGN NÃO VÊ


de Mário Moura
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Tiago Cadete


Entrevistas
Rua das Gaivotas 6 , Lisboa

Speech Acts / Actos Discursivos


Speech Acts / Actos Discursivos, de Jonathan Sullam no Rui Calçada Bastos Studio
Rui Calçada Bastos Studio, Lisboa

Luz Obscura


Susana de Sousa Dias
Cinema Ideal, Lisboa

vídeo, fotografia e instalação


Letícia Ramos
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

Visita Temática: He CHOSE it, Fonte 1917


Sofia Nunes
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Lucrecia Martel


Masterclass
Universidade Católica do Porto, Porto

Le Voyage Continue


Colectiva
Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, Coimbra

“MOVIMENTO 2” DE LEONOR BELTRÁN


VISITA GUIADA
Casa da América Latina, Lisboa

Jornadas de Arte Pública: Palimpsestos Urbanos


Seminário
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 

share |

SUSANA DE SOUSA DIAS

Luz Obscura




CINEMA IDEAL
Rua do Loreto, 15/17
1200-241 LISBOA

10 MAI - 14 MAI 2018


No âmbito da estreia do documentário LUZ OBSCURA, no mês de Maio existirão sessões especiais no Cinema Ideal, com conversas entre a realizadora e vários convidados ligados ao tema.


Dia 10 de Maio | 19h15

SESSÃO DE ESTREIA

Conversa com Susana de Sousa Dias e com os protagonistas do filme, Álvaro e Rui Pato, filhos de Octávio Pato, preso político



Dia 11 de Maio | 19h15

Crescer em Liberdade: A geração pós 25 de Abril e o Estado Novo

Conversa com Susana de Sousa Dias, Ana Pato, filha de Octávio Pato e Miguel Tiago, deputado do Partido Comunista



Dia 12 de Maio | 19h15

Memórias vividas do Estado Novo

Conversa com Susana de Sousa Dias, Fernando Rosas - historiador português que publicou obras relacionadas com a ditadura militar e Estado Novo - e Diana Andringa, jornalista portuguesa.



Dia 14 de Maio | 19h15

Crescer em ditadura

Conversa com Susana de Sousa Dias, Irene Pimentel - historiadora e autora do livro O Caso da PIDE/DGS - e Luís Farinha, director do Museu do Aljube


Depois de NATUREZA MORTA (2005) e 48, (2009), a realizadora retoma a exploração dos arquivos e das fotografias tiradas pela PIDE (1926-1974) aos presos políticos, acompanhando a narrativa dos testemunhos de familiares de comunistas assassinados que na época eram ainda menores. Através de fotografias, o filme procura revelar como um sistema autoritário opera na intimidade familiar no passado e no presente. O resultado é uma exploração da rede familiar que se esconde por detrás de um preso político e como dar corpo a quem desapareceu sem nunca ter tido existência histórica.