Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Finissage: Eu nunca emergi | emergir para afundar


Volkan Diyaroglu
Maus Hábitos - Espaço de Intervenção Cultural, Porto

Circular Festival de Artes Performativas


14ª edição
Vários locais/Vila do Conde, Vila do Conde

Open House Lisboa 2018



Vários locais/Lisboa, Lisboa

Festival Exquisito



Vários locais/Lisboa, Lisboa

3ª Mostra das Residências artísticas No Entulho


Igor de Jesus e João Pedro Trindade
ARTWORKS, Póvoa de Varzim

O valor e a utilidade da arte


Jesús Carrillo
Museu do Neo-Realismo, Vila Franca de Xira

ARTE E EDUCAÇÃO EMPOWERING YOUNG PEOPLE


com Mark Miller e Adama Sanneh
Hangar - Centro de Investigação Artistica, Lisboa


Museu como Performance
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Programa 3


Problematizar a realidade – encontros entre arte, cinema e filosofia
Goethe-Institut Portugal, Lisboa

QWERTY_mostra de arte digital


COLECTIVA
Espaço MIRA, Porto

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


SUSANA DE SOUSA DIAS

Luz Obscura




CINEMA IDEAL
Rua do Loreto, 15/17
1200-241 LISBOA

10 MAI - 14 MAI 2018


No âmbito da estreia do documentário LUZ OBSCURA, no mês de Maio existirão sessões especiais no Cinema Ideal, com conversas entre a realizadora e vários convidados ligados ao tema.


Dia 10 de Maio | 19h15

SESSÃO DE ESTREIA

Conversa com Susana de Sousa Dias e com os protagonistas do filme, Álvaro e Rui Pato, filhos de Octávio Pato, preso político



Dia 11 de Maio | 19h15

Crescer em Liberdade: A geração pós 25 de Abril e o Estado Novo

Conversa com Susana de Sousa Dias, Ana Pato, filha de Octávio Pato e Miguel Tiago, deputado do Partido Comunista



Dia 12 de Maio | 19h15

Memórias vividas do Estado Novo

Conversa com Susana de Sousa Dias, Fernando Rosas - historiador português que publicou obras relacionadas com a ditadura militar e Estado Novo - e Diana Andringa, jornalista portuguesa.



Dia 14 de Maio | 19h15

Crescer em ditadura

Conversa com Susana de Sousa Dias, Irene Pimentel - historiadora e autora do livro O Caso da PIDE/DGS - e Luís Farinha, director do Museu do Aljube


Depois de NATUREZA MORTA (2005) e 48, (2009), a realizadora retoma a exploração dos arquivos e das fotografias tiradas pela PIDE (1926-1974) aos presos políticos, acompanhando a narrativa dos testemunhos de familiares de comunistas assassinados que na época eram ainda menores. Através de fotografias, o filme procura revelar como um sistema autoritário opera na intimidade familiar no passado e no presente. O resultado é uma exploração da rede familiar que se esconde por detrás de um preso político e como dar corpo a quem desapareceu sem nunca ter tido existência histórica.