Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Representações do Povo


Visita Guiada
Museu do Neo-Realismo, Vila Franca de Xira

Estamos aqui porque voámos


MARIA JOSÉ OLIVEIRA
Museu Municipal de Faro, Faro

Resetting Bird’s Memories


Kiluanji Kia Henda
Palácio de Cristal, Porto

A DISSOLUÇÃO DO REAL


Carolina Novo, Jéssica Sousa, João Ribeiro
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Festival Walk&Talk 2021


Vários
São Miguel, Açores,

Seja dia ou seja noite pouco importa


Visitas guiadas pelos artistas André Gomes e Pedro Calapez
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Lançamento La MagaZine


Revista de literatura e artes visuais
Biblioteca Municipal de Sintra - Casa Mantero, Sintra

Pele Escura de Graça Castanheira


Filme e conversas
Centro Cultural de Belém, Lisboa

MEU AMIGO: OBRAS E DOCUMENTOS DA COLEÇÃO ERNESTO DE SOUSA (1921-1988)


Leitura de Correspondência por António Borga, Maria Estela Guedes, Patrícia Portela
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

ERNESTO DE SOUSA, SER MODERNO... EM PORTUGAL


Lançamento pelas EDIÇÕES DO SAGUÃO
Brotéria, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


PAULO ROCHA

MÁSCARA DE AÇO CONTRA ABISMO AZUL




CINEMATECA
Rua Barata Salgueiro, 39 LISBOA
1269-059 LISBOA

15 MAI - 21 MAI 2020


Filme disponível para visionamento online de 15 a 21 de Maio: http://www.cinemateca.pt/Cinemateca/Destaques/Filmes-para-ver-esta-semana-MASCARA-DE-ACO-CONTRA.aspx



MÁSCARA DE AÇO CONTRA ABISMO AZUL
de Paulo Rocha
com Vítor Norte, Fernando Heitor, Inês de Medeiros, Miguel Guilherme, José Viana, Henrique Viana
Portugal, 1988 - 64 min

Quase vinte anos depois de POUSADA DAS CHAGAS, Paulo Rocha regressou a uma surpreendente colagem sobre o modernismo português, centrado em Amadeo de Souza-Cardoso. Entre a reconstituição dos anos do Orfeu e do manifesto futurista, a montagem de uma exposição na Gulbenkian e um onirismo jugulado, Rocha propôs uma das mais singulares e fascinantes visões desse mundo de cores e metais, tão saudosista quanto anarquizante, tão altaneiro quanto inseguro. Foi mostrado em Pesaro em 1989, no contexto de uma retrospetiva dedicada ao cinema português.