Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

O "Roman Porno" da Nikkatsu [1971-2016]


Ciclo de Cinema
Cinema Nimas, Lisboa

We are the King of Ventilators (Delirium Loop)


Tim Etchells / Jim Fletcher / Chris Thorpe
Teatro do Bairro Alto - TBA, Lisboa

Conversas online


Grada Kilomba
PLATAFORMAS ONLINE,

Lançamento do Catálogo Uma série de prestações absolutamente improváveis, porém extraordinárias


Arthur Jafa
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

«A Minha Obra e Eu»


Albuquerque Mendes
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Violoncelo Explodido: Fragmentação e Dispersão como estratégias para uma prática de improvisação site-specific


Ricardo Jacinto
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Conversa MART


Gonçalo Pena
Córtex Frontal - Residência de Arte e Investigação, Arraiolos

As coisas fundadas no silêncio


CINEMA
PLATAFORMAS ONLINE,

MÁSCARA DE AÇO CONTRA ABISMO AZUL


Paulo Rocha
Cinemateca, Lisboa

BoCA Online


Programa de Criação Artística e Circulação de Pensamento
PLATAFORMAS ONLINE,

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


MELISSA RODRIGUES

de submisso a político - o lugar do corpo negro na cultura visual




HANGAR - CENTRO DE INVESTIGAÇÃO ARTISTICA
Rua Damasceno Monteiro, 12
1170-112 LISBOA, PORTUGAL

23 MAI - 23 MAI 2020


Performance no Zoom no dia 23 de Maio - 18h



de submisso a político - o lugar do corpo negro na cultura visual
Melissa Rodrigues


Na publicidade, na televisão, no cinema, na pintura, na fotografia, nos livros que temos nas nossas prateleiras, quantos homens e mulheres negros e negras estão lá representados? Como são representados? Pesquiso no Google por ‘imagem e representação do corpo negro na cultura visual’, a par de imagens do corpo negro escravizado, sexualizado, fetichizado, submisso e selvagem, encontro novas narrativas visuais e estéticas, novos discursos de quem se posiciona a partir ‘da barriga da besta’ para desconstruir e criar outras representações sobre si mesmo, sobre o seu corpo negro. É este o lugar onde me encontro.

A performance vai acontecer no zoom, para mais informações: https://hangar.com.pt/online/from-submissive-to-political-the-place-of-the-black-body-in-visual-culture/



:::


Melissa Rodrigues (Cabo-verde, 1985). Pós-graduação em Performance (Curso de Especialização) pela Faculdade de Belas Artes - UP e licenciada em Antropologia pela FCSH – UNL.
Formação em Artes Performativas e Formação Intensiva Acompanhada (F.I.A.) pelo c.e.m. centro em movimento, Lisboa.
Interessada em educação não-formal e artística, trabalhou em projetos de Arte na Comunidade e Educação Pela Arte, como através da Associação MOVEA, em Escolas Públicas no Concelho da Amadora.
Atualmente vive no Porto, é Educadora no Serviço Educativo do Museu de Arte Contemporânea de Serralves; colabora com A Oficina – Educação e Mediação Cultural – em Guimarães e coordena o projeto pedagógico do ESPAÇO SP620 – Salut Au Monde!. – no Porto.
Participa frequentemente em projetos colaborativos e interdisciplinares que relacionam arte, experimentação e ativismo.

Performer, arte-educadora, membro da Associação Cultural RAMPA, do Coletivo InterStruct e do Núcleo Anti-Racista do Porto, integra a equipa de curadores do Projeto Anuário 2020, a convite da Galeria Municipal do Porto.
Como investigadora nas áreas da Performance e da Antropologia, tem desenvolvido pesquisa em Cultura Visual, Imagem e Representação. Tendo co-criado em 2017 com o Coletivo Chá das Pretas a performance cabelo e no mesmo ano a convite do coreógrafo Joclécio Azevedo concebido uma palestra-performance no âmbito do Projeto Documentário que se materializou na performance-conferência de submisso a político – o lugar do corpo negro na cultura visual, performance que tem sido apresentada em contexto artístico e académico.

Artista convidada pelo ZK/U Berlin – Center for Art and Urbanistics para uma Residência Artística nos meses de março e abril de 2020 no âmbito do Projeto Europeu Magic Carpets