Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Lançamento do livro: O DESIGN QUE O DESIGN NÃO VÊ


de Mário Moura
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Tiago Cadete


Entrevistas
Rua das Gaivotas 6 , Lisboa

Speech Acts / Actos Discursivos


Speech Acts / Actos Discursivos, de Jonathan Sullam no Rui Calçada Bastos Studio
Rui Calçada Bastos Studio, Lisboa

Luz Obscura


Susana de Sousa Dias
Cinema Ideal, Lisboa

vídeo, fotografia e instalação


Letícia Ramos
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

Visita Temática: He CHOSE it, Fonte 1917


Sofia Nunes
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Lucrecia Martel


Masterclass
Universidade Católica do Porto, Porto

Le Voyage Continue


Colectiva
Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, Coimbra

“MOVIMENTO 2” DE LEONOR BELTRÁN


VISITA GUIADA
Casa da América Latina, Lisboa

Jornadas de Arte Pública: Palimpsestos Urbanos


Seminário
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 

share |

PEDRO CABRITA REIS

Cântico Negro




GALERIA JOÃO ESTEVES DE OLIVEIRA
Rua Ivens, 38
1200-224 LISBOA

19 JUN - 19 JUN 2017


No próximo dia 19 de junho, 2ª feira, pelas 19 horas, a Galeria João Esteves de Oliveira fará o lançamento do livro
Cântico Negro, o título do poema de José Régio que dá o nome à obra agora mostrada. Para além do óbvio – o próprio poema de Régio, a folha de rosto e o colofon – cada uma das 20 caixas contém um deslumbrante e imponente desenho de Cabrita Reis, em acetona e pigmentos, materiais trabalhados em folhas de 200 x 126 cm.

Esta aventura, que agora desagua na Galeria, começou há quase 3 anos, no Leblon, no Rio de Janeiro, durante a inauguração de uma exposição do Pedro, onde os editores, Leonel Kaz e Lucia Bertazzo com ele se encontraram pela primeira vez.

2 anos mais tarde deu-se novo encontro, agora em Lisboa. Conclusivo, desta feita.