Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA

Outras recomendações:

Tempo sem Espaço, Espaço sem Tempo


Rui Chafes
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Estação Vernadsky


Finissage/Conversa
Travessa da Ermida, Lisboa

BAIRRO EUROPA


VISITAS-DEBATE À OBRA DE SIZA VIEIRA
Vários locais/Lisboa, Lisboa

Podem os agentes artificiais criar arte?


Mark Coeckelbergh
TRIENAL DE ARQUITECTURA DE LISBOA, Lisboa

JOÃO PAULO FELICIANO


Xabregas City
Ar.Co Lisboa, Lisboa

Outubro: a Revolução nas Artes Visuais


Visita orientada por Sofia Nunes
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Um Céu de Folhas


Visita Guiada com os Artistas
Parque Dom Carlos I, Caldas da Rainha

Jonas Mekas


Cinema na Linha de Fogo
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Almada e a matemática


Ciclo de conferências
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

Memórias, Resgates e Riscos


Conversa com Grada Kilomba
Hangar - Centro de Investigação Artistica, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 

share |

CICLO DE PERFORMANCES PORTUGUESAS

ACREÇÃO




RUA DA GAIVOTAS 6
Rua das Gaivotas, 6
1200-202 LISBOA

05 JUL - 09 JUL 2017


CICLO DE PERFORMANCES: 5 a 9 de Julho



ACREÇÃO . CICLO DE PERFORMANCES PORTUGUESAS


ACREÇÃO, o primeiro ciclo de performances do Teatro Praga, tenta fazer justiça a processos artísticos e cognitivos que foram fundamentais para o desenvolvimento da companhia tanto numa escala afetiva como numa escala espacial ecologicamente desierarquizada. Em ACREÇÃO, o Teatro Praga apropria-se de performances, delega espetáculos seus e faz homenagens a figuras das artes performativas ausentes na maioria dos discursos históricos. A verdade de ter convivido na contemporaneidade, o desejo de as inscrever em si e a vontade de as reativar levam o Teatro Praga a apresentar-se pela primeira vez no seu espaço ruadasgaivotas6, fazendo reenactments das suas “favourite things” e delegando os seus espetáculos a outros artistas.

O programa deste ciclo consiste em 4 reenactments: o da performance TEATRO #2 (2005) de Miguel Bonneville (refeito por Cláudia Jardim), o de HAIKUS (2002) de Sónia Baptista (refeito por André e. Teodósio), o do espetáculo PROFUNDO DELAY (2001) do Teatro Praga (refeito por Ana Tang e Paulo Pascoal) e uma remontagem de NOITE DE ESTREIA (2000) de André Guedes, feita pelo Teatro Praga e ativada pelo público. O ciclo conta com NOVAS CONVERSAS PORTUGUESAS, um debate arquivo (com Mónica Calle, Paula Sá Nogueira, Isabel Carlos, Cristina Peres e Mónica Guerreiro) sobre criadoras portuguesas fundamentais da denominada “geração entalada” que contribuíram para a inscrição de novas linguagens performativas.


Programa: http://ruadasgaivotas6.pt/