Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


FÁBRICA DA CRIATIVIDADE - CENTRO DE PRODUÇÃO CULTURAL EM CASTELO BRANCO

2019-02-11




A fábrica da criatividade, em Castelo Branco, abriu portas há um mês. Mesmo sem ter sido inaugurada, já está a acolher projetos individuais, de empresas e de outros grupos.

O edifício de um antigo convento, que também já foi uma prisão e uma fábrica de confeções têxteis, ganhou uma nova vida em Castelo Branco. O imóvel que esteve abandonado durante mais de uma década foi agora recuperado e convertido numa incubadora ligada às chamadas indústrias criativas.

"[É] uma fábrica da criatividade onde queremos instalar tudo o que são projetos criativos nas diversas áreas, desde as artes performativas, ao design, artes plásticas, moda e fotografia", explica Luís Correia, o presidente da Câmara de Castelo Branco.

O autarca sublinha que a valência, onde foram investidos já dois milhões de euros, pretende ajudar a desenvolver o concelho através das artes, criando economia e postos de trabalho. A ideia passa ainda por "captar" os estudantes que saem da Escola Superior de Artes Aplicadas da cidade. "Queremos que se instalem [aqui], realizem os seus projetos e se fixem em Castelo Branco", diz.

A fábrica da criatividade abriu portas há um mês. Mesmo sem ter sido inaugurada, já está a acolher projetos individuais, de empresas e de outros grupos.

"Estão [aqui] 12 projetos: três companhias de teatro, um projeto de fotografia, outro de arte digital, dois de multimédia, um de metais e outro de madeiras. Neste momento são 30 pessoas relacionadas com estes 12 projetos", revela Carlos Matos, o coordenador da fábrica.

Dada a dimensão do espaço, 2500 metros quadrados, o responsável garante que muitas mais ideias se podem instalar, realçando que condições de acolhimento não faltam.

A primeira obra a ser produzida na incubadora de base cultural vai ser apresentada já no próximo mês. Trata-se de uma peça de teatro da companhia "A Pé de Pano - Projetos Culturais" que vai levar à cena o espetáculo "Grão, histórias de criação", criado com a ajuda de crianças que frequentam as escolas do concelho.



Fonte: TSF