Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


DIDIER DROGBA LEVA A PAZ ATRAVÉS DO DESPORTO À BIENAL DE LUANDA

2019-09-17




Paz e Desporto - a organização que promove a paz usando o poder do desporto - participa na 1ª edição da "Bienal de Luanda: Fórum Pan-Africano para a Cultura da Paz" como parte de sua parceria com a UNESCO. A Bienal é coorganizada pela UNESCO, Angola e a União Africana e realiza-se em Luanda de 18 a 22 de setembro de 2019. Destina-se a delegados de governos, sociedade civil, setor privado, comunidade artística e científica, instituições académicas e organizações internacionais.

O vice-presidente de Paz e Desporto, Didier Drogba, falará na sessão intitulada "Um movimento de várias partes interessadas em construir a paz e o desenvolvimento na África", no dia 18 de setembro. Ele destacará a importância de investir em programas que usem os valores do Desporto para beneficiar os jovens no sistema educacional: em clubes, bem como nos níveis local, regional e nacional. Além disso, ele apresentará a Metodologia Paz e Desporto, que desenvolve exercícios adaptados para abraçar os valores positivos do desporto, como o diálogo e o respeito.

Para Joël Bouzou, Presidente e Fundador da Paz e Desporto:
"É importante que a Paz e o Desporto participem deste evento continental, que contribuirá diretamente para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O envolvimento de nosso Vice-Presidente nesse evento é importante para nós, dado o seu apego e fama na África. Didier Drogba presta especial atenção à juventude, que é uma questão fundamental na cultura da paz na África ".

Sobre a Bienal de Luanda:
Paz e Desporto participa no “Fórum Pan-Africano da Bienal de Luanda para a Cultura da Paz” para contribuir com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 16 e 17 (Paz, Justiça e Instituições / Parcerias Fortes) como parte de sua parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Este evento faz parte da Estratégia Operacional da UNESCO para a África Prioritária (2014-2021), que visa "fornecer respostas africanas às transformações que afetam suas economias e sociedades".



Fonte: Organização para a Paz e o Desporto