Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


15 MUSEUS AO REDOR DO MUNDO TRANSMITIRÃO ON-LINE A OBRA PRIMA DE ARTHUR JAFA "LOVE IS THE MESSAGE"

2020-06-25




Quinze instituições de arte vão transmitir simultaneamente o vídeo comovente de Arthur Jafa, "O amor é a mensagem, A mensagem é a morte", (2016), ao longo de 48 horas, começando no dia 26 de junho, para o público em todo o mundo.

O esforço é liderado pelo Museu Hirshhorn e pelo Sculpture Garden e pelo Smithsonian American Art Museum, que adquiriram o trabalho em conjunto em 2018. Treze outros museus que possuem edições do vídeo também irão apresentar o trabalho.

Quando estreou em 2016, na esteira da vitória de Donald Trump nas eleições, o mashup escaldante de imagens de arquivo e vídeo, imediatamente tocou os telespectadores.

Para Jafa, o abraço imediato e vocal de "Love Is the Message" foi suspeito. A sua obra sequente, "The White Album", foi criada para enfrentar a resposta esmagadora e branca que Jafa considerou performativa.
Em conversa com a curadora Apsara DiQuinzio, Jafa refere: "As pessoas estavam a ter essa epifania de oito minutos" que desculpava um auto-exame mais profundo e doloroso das relações raciais.

Muitas organizações artísticas estão a enfrentar um momento semelhante de auto-exame, enquanto trabalham para descobrir como redefinir as suas missões e atividades após o assassinato policial de George Floyd e os protestos de uma semana que se espalharam pelo Black Lives Matter.

Por sua parte, Jafa disse: "Estou emocionado com a oportunidade, finalmente, de ter o maior número possível de pessoas a ver, "O amor é a mensagem, a mensagem é a morte".
Duas discussões relacionadas com Jafa serão realizadas no sábado, 27 de junho, às 14h e domingo, 28 de junho, às 14h em www.sunhaus.us.

No sábado, a mesa redonda contará com Peter L´Official, Josh Begley, Elleza Kelley e Thomas J. Lax. No domingo, Aria Dean, Rashaad Newsome, Isis Pickens e Simone White estarão em discussão. Ambos os painéis serão moderados por Tina Campt.

Outras instituições participantes do projeto incluem o Museu Glenstone; o Museu de Arte de Dallas; o Alto Museu de Arte; o Museu de Arte Contemporânea de Los Angeles; o Studio Museum no Harlem; a coleção Julia Stoschek; Luma Arles e Luma Westbau; a coleção Pinault; o Palazzo Grassi; o Museu Stedelijk; e aTate.



Fonte: news.artnet