Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


FERNANDO GUIMARÃES É O VENCEDOR DA 25ª EDIÇÃO DO GRANDE PRÉMIO DE LITERATURA DST

2020-09-13




O poeta e ensaísta Fernando Guimarães é o vencedor da edição comemorativa dos 25 anos do Grande Prémio de Literatura dst, pela sua obra “Junto à Pedra”, editado em 2019. A entrega do prémio, instituído pelo dstgroup, será realizada num evento em data a comunicar oportunamente, face à evolução da situação de pandemia.

O juri, constituído por Vítor Manuel de Aguiar e Silva, José Manuel Mendes e Carlos Mendes de Sousa, decidiu atribuir o prémio por unanimidade “pelo brilho de uma construção poética semântica e formalmente airosa, renovado na sua matriz clássica e nos percursos ídeo-sensíveis já revelados ao longo de uma bibliografia deveras singular.” O prémio, este ano tem valor de 25 mil euros, por celebrar 25 anos de vida.

Nascido em 1928, Fernando Guimarães publicou desde 1956 vários livros de poesia e de ensaio, tendo alargado também a sua atividade à ficção e ao teatro. Os seus trabalhos ensaísticos abordam a literatura portuguesa, sobretudo do período entre o século XIX e a atualidade, e questões relacionadas com a história da estética em Portugal e com a filosofia da arte. O autor tem também exercido crítica literária e faz parte, como investigador, do Centro de Estudos do Pensamento Português da Universidade Católica Portuguesa.

Recebeu vários prémios literários, designadamente da APE, da Associação Internacional de Críticos Literários, do PEN Clube. Foram-lhe atribuídos, pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, prémios de tradução de poesia e, considerando o conjunto da sua obra ensaística, a Universidade de Évora concedeu-lhe o Prémio Vergílio Ferreira.

Promovido pelo dstgroup há mais de duas décadas, o Grande Prémio de Literatura dst registou, no ano em que assinala as bodas de prata, mais de uma centena de participações.

O Grande Prémio de Literatura dst nasceu com o objetivo de premiar obras originais, em dois géneros literários, escritas em português por autores portugueses, contribuindo assim para a promoção e valorização das literaturas de língua portuguesa. Ao longo de 25 anos, o prémio, no valor de 15 mil euros, cresceu em notoriedade, afirmando-se como um dos mais reconhecidos em Portugal, e também em número de participantes, o que denota o interesse e o prestígio que tem gerado junto da comunidade de autores e do setor. A aposta na divulgação da língua, da literatura portuguesa e dos seus autores e na promoção dos hábitos de leitura continuará a ser um dos principais desígnios deste prémio, que distinguiu, nos últimos cinco anos, autores como Luísa Costa Gomes, Manuel Alegre, Mário Cláudio, Daniel Jonas e Lídia Jorge.







FONTE: dst