Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


UMA IMAGEM GIGANTE DE UM GATO “ANTIGO” FOI DESCOBERTA ENTRE AS LINHAS DE NAZCA DO PERU

2020-10-25




Arqueólogos que trabalham nas Linhas de Nazca do Peru, um Património Mundial da UNESCO, descobriram um geoglifo de 36 metros de comprimento que parece representar um gato enorme a descansar. Os cientistas acreditam que a imagem gigantesca do felino, esculpido numa encosta, tem mais de 2.000 anos, datando a sua criação a uma altura entre 200 aC e 100 aC - tornando-o potencialmente no geoglifo mais antigo alguma vez descoberto em Nazca.

"A figura mal era visível e estava prestes a desaparecer devido à sua localização numa encosta bastante íngreme e aos efeitos da erosão", disse o Ministério da Cultura do Peru. “As representações deste tipo de felino são frequentemente encontradas na iconografia da cerâmica e dos têxteis da sociedade Paracas.”

As Linhas de Nazca foram descobertas pela primeira vez em 1927, e antes do felino recém-descoberto, os arqueólogos tinham desenterrado esculturas com representações de uma orca, um beija-flor e um macaco. Acredita-se que as imagens tenham sido feitas por peruanos da antiguidade que rasparam a terra escura da montanha, revelando a areia clara nos solos inferiores. Os arqueologistas acreditam que estas figuras serviram de certa forma como marcos para os viajantes e como locais para a prática de rituais.

“É bastante surpreendente que ainda encontremos novas imagens!”, disse Johny Isla, arqueólogo-chefe do Peru para as linhas de Nazca, “mas também sabemos que ainda há mais por descobrir.”

Fonte: The Art Newspaper