Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


UM DAVID HOCKNEY AVALIADO EM 35 MILHÕES DE USD, UMA PAISAGEM DA CALIFÓRNIA VAI A LEILÃO NA PHILLIPS EM NOVA IORQUE

2020-10-27




A Phillips revelou planos de leiloar uma paisagem de David Hockney de $35 milhões USD este inverno. Nichols Canyon (1980) vai ser o destaque do século 20 de arte contemporânea na noite de 7 de dezembro em Nova York. A obra vai estar em exibição na Phillips em Londres de 26 de outubro a 1 de novembro, e posteriormente em Hong Kong e Nova York.

Hockney pintou esta tela de 2,13 x 1,80 m após a sua mudança para Los Angeles em 1978. Este trabalho é uma das duas obras monumentais que Hockney executou nos anos 70. A contraparte, uma paisagem horizontal pintada de memória, Mulholland Drive: The Road to the Studio, mantem-se em acervo no Museu de Arte de Los Angeles. Como Nichols Canyon, este trabalho retrata uma cena vislumbrada ao longo de uma viagem de Hollywood Hills até ao seu estúdio em Santa Mónica Boulevard.

A obra que vai a leilão manteve-se na mesma coleção com o seu único proprietário privado há quatro décadas, desde a sua compra em 1982. Hockney comercializou a peça junto com uma segunda tela, um retrato duplo denominado The Conversation (1980), a um revendedor em Nova Iorque e em troca de um Picasso de $135.000. A obra foi posteriormente incluída em ambas as suas retrospectivas, a primeira em 1988 no LACMA e a seguinte em 2017–18, na Tate London, no Centre Pompidou em Paris e no Metropolitan Museum of Art em Nova York.

Jean-Paul Engelen, vice-presidente da Phillips e co-diretor do leilão do século 20 e de arte contemporânea, disse em comunicado: "Nichols Canyon é, sem dúvida, a paisagem mais significativa de Hockney que alguma vez surgiu em leilão."

Após duas importantes retrospectivas recentes e um recorde de leilão, Hockney ascendeu rapidamente no mercado de arte. Recentemente, a Christie's vendeu Hockney's Portrait of an Artist (Pool with Two Figures), 1972, por incríveis $90,3 milhões em Nova York em novembro de 2019, estabelecendo o recorde atual do artista. Mais recentemente, a Royal Opera House de Londres vendeu um retrato encomendado por Hockney de Sir David Webster de 1971 por US $16,8 milhões durante uma liquidação de arte contemporânea da Christie’s em Londres na semana passada. Hockney também detém o segundo preço mais alto para um artista ocidental em leilão na Ásia; o seu trabalho “30 Sunflowers” (1996) foi vendido por US $14,8 milhões na Sotheby’s Hong Kong em julho.

Fonte: Art Market Monitor