Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


MUSÉE DU LOUVRE TEVE QUEBRA DE 72% NO NÚMERO DE VISITANTES NO ANO PASSADO

2021-01-09




Um ano atrás, o Musée du Louvre estava no meio de uma exposição com um número recorde de visitantes, Leonardo. Mas quando a pandemia do coronavírus começou a dominar a Europa na primavera, o museu parisiense, como muitas instituições em todo o continente, fechou as portas quando o país entrou em bloqueio. Doze meses depois, registou um dos piores números de público de todos os tempos, com cerca de 2,7 milhões de visitantes - uma queda de 72% em comparação com 9,6 milhões em 2019.

Após o primeiro bloqueio, o museu foi capaz de reabrir novamente no verão com um número restrito de visitantes. No total, o museu ficou fechado por quase metade do ano, aberto por apenas 161 dias de um total de 311 possíveis, e perdeu cerca de € 90 milhões em receitas. Cerca de três quartos do público do museu é geralmente do exterior, mas com voos parados e uma queda sem precedentes no turismo para a capital francesa, o museu relatou que cerca de 70% dos visitantes em 2020 eram da França.

O diretor do museu, Jean-Luc Martinez, diz que embora as galerias vazias do Louvre entristecem a equipa, a longa história da instituição (foi fundada na época da Revolução Francesa) é um lembrete de que, apesar dos tempos difíceis, nunca é em vão ter esperança por dias melhores. A queda no número de visitantes não é tão alta quanto os 80% que Martinez temia em junho do ano passado.

O museu lidera a pesquisa anual do The Art Newspaper com visitantes de exposições e museus, Art’s Most Popular, há mais de uma década (o recorde de público foi em 2018, com 10,2 milhões de visitantes). Mas provavelmente não será o maior perdedor do ano, quando os museus de todo o mundo foram, e continuam a ser, fortemente afetados pela pandemia da Covid-19.

Apesar da grande queda no público, com 2,7 milhões de visitantes, o Louvre ainda seria o 21º museu mais visitado na pesquisa de público de 2019, em grande parte graças aos quase meio milhão de visitantes que compareceram à exposição Leonardo em janeiro e fevereiro.

Atualmente o museu encontra-se encerrado devido ao agravamento da pandemia em Paris.

Fonte : The Artnewspaper