Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


POLÍCIA ITALIANA RECUPERA CÓPIA DE SALVATOR MUNDI ROUBADA DO MUSEU DE NÁPOLES

2021-01-20




A polícia italiana recuperou uma cópia do Salvator Mundi de Leonardo da Vinci que foi roubado de um museu da basílica em Nápoles no ano passado. Provavelmente pintada por um dos alunos do mestre da Renascença, a obra de 500 anos foi descoberta num apartamento a apenas alguns quilômetros do Museu de San Domenico Maggiore. A pessoa que supostamente apreendeu a tela está sob custódia policial sob suspeita de ter recebido bens roubados, segundo a polícia.

A pintura de Leonardo (ca. 1500) retrata Cristo a levantar uma mão em benção, enquanto na outra mão segura um orbe de cristal. Em 2017, a pintura tornou-se a obra mais cara já vendida em leilão por US $ 450,3 milhões de um comprador ligado ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman. A pintura, cuja atribuição foi contestada por muitos especialistas, desapareceu logo depois.

Mesmo antes da venda, os historiadores de arte discordaram sobre o autor de Salvator Mundi. Alguns afirmam que a obra, que surgiu pela primeira vez em 2005, foi na verdade executada por um membro de seu estúdio. Salvator Mundi foi omitido da exibição de sucesso da Vinci no Louvre em 2019.

Existem cerca de 20 cópias do Salvator Mundi atribuídas à oficina de Leonardo. A cópia de Nápoles, que data da década de 1510, foi trazida de Roma por um enviado do Sacro Imperador Romano, Carlos V, como um presente para a Sala de Objetos Litúrgicos do museu, de acordo com o site do museu. A cópia regressou brevemente a Roma para a exposição “Leonardo em Roma: Influências e Legado”, onde passou por um restauro.

A polícia italiana disse que a obra foi realizada há dois anos, embora o museu tenha dito que a pintura estava na sua posse após o encerramento da exposição em Roma em janeiro de 2020.

Fonte: ARTNews