Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

PAULIANA VALENTE PIMENTEL: Empty Quarter #2 (Rub Al’Khali)


PAULIANA VALENTE PIMENTEL
,

Desenho e Pintura sobre papel


JORGE FEIJÃO
Giefarte - Galeria de Arte, Lisboa

O Ponto Perfeito


Maria Pia Oliveira
Fundação Portuguesa das Comunicações,

What Photography has in Common with an Empty Vase


Edgar Martins
Galeria Filomena Soares, Lisboa

Quase um nada


Maria Laet
3 + 1 Arte Contemporânea, Lisboa

Si Sol Flat


Coletiva
Ar.Co Centro de Arte e Comunicação Visual (Xabregas), Lisboa

(Des)Construção da memória


YiiMa
Museu Coleção Berardo, Lisboa

Antes do Início e Depois do Fim


Júlio Pomar e Hugo Canoilas
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Alto Nível Baixo


Coletiva
ZDB - Galeria Zé dos Bois, Lisboa

Teratologias


Daniel Canogar
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


COLETIVA

CONTEMPORARY INTERVENTIONS IN MEMORY: DIALOGUES AND SILENCE




FBAUL - FACULDADE DE BELAS ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA
Largo da Academia Nacional de Belas-Artes
1249-058 LISBOA

25 SET - 03 OUT 2019


Inauguração: 25 de Setembro, nos Espaços Novos (antigos espaços da polícia) da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Composta trabalhos em diferentes linguagens artísticas, a exposição Contemporary Interventions in Memory: Dialogues and Silence abre ao público no dia 25 de Setembro na Faculdade de Belas- Artes da Universidade de Lisboa.
Com curadoria de Catarina Marques da Silva e Tatiana Engelbrecht, a mostra acontece no âmbito do colóquio internacional Intervir na Memória. Restauros de época moderna em monumentos funerários medievais (séc. XV-XX), organizado pelo Instituto de Estudos Medievais e o Instituto de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, juntamente com o Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, que se realiza entre 25 e 26 de Setembro.

Contemporary Interventions in Memory: Dialogues and Silence é resultado de um Call for Works lançado aos alunos da Faculdade de Belas Artes (pintura, escultura, arte multimédia e fotografia) pela Comissão Científica e Organizadora do colóquio, decorrendo de uma proposta até hoje inédita, que pretende estabelecer uma ponte ideal entre o Ensino e a Investigação, entre especialistas e artistas em formação, entre a Academia e a Arte. A exposição reúne instalações, pinturas e fotografias de Ana Galvão, nia Pais, Bárbara Jasmins, Joana Sequeira, Liliana Ferreira, Manuel Ferreira, Ruben Lança e Salomé Lopes que dialogam entre si e propõem uma abordagem contemporânea para o tema do colóqio, buscando estimular a reflexão sobre a arte tumular de época medieval e seu legado enquanto patrimônio artístico.

“O objetivo da exposição é prolongar o debate em torno da relevância do património tumular medieval e do impacto das intervenções a que este vem sendo submetido ao longo do tempo", explica Catarina Marques da Silva. "São obras provocativas, que instigam à reflexão sobre temas como finitude, eternidade, memória, abstração e materialidade.