Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Fazer de casa labirinto


COLECTIVA
Balcony, Lisboa

Earthkeeping/Earthshaking - arte, feminismos e ecologia


COLECTIVA
Galeria Quadrum, Lisboa

Murmurar na Noite


Sebastião Resende
Mupi Gallery, Porto

Homo Kosmos (cough cough)


Tiago Borges & Yonamine
Galeria Av. Índia, Lisboa

60 Dias - Parte II


COLECTIVA
Kubikgallery, Porto

Fossil


James Newitt
Carpintarias de São Lázaro, Lisboa

Outros Portos - Outros Olhares


Margarida Gouveia, Mina Ao, Peng Yun, Xing Danwen, O Zhang
Maus Hábitos - Espaço de Intervenção Cultural, Porto

Exposição colectiva


Gonçalo Barreiros + John Wood and Paul Harrison
Galeria Vera Cortês (Alvalade), Lisboa

O Mergulho


Pedro Gomes
Casa das Artes de Tavira, Tavira

19_20


Sandra Baía
Travessa da Ermida, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


JORGE FEIJÃO

Desenho e Pintura sobre papel




GIEFARTE - GALERIA DE ARTE
Rua da Arrábida, 54 BC
1250-034 LISBOA

22 NOV - 31 JAN 2020


Inauguração: 22 de Novembro, às 18h00, na Giefarte


Jorge Feijão
Nasceu em Sarcelles (França), 1971. Vive e trabalha nas Caldas da Rainha. Licenciado em Artes Plásticas na ESAD das Caldas, e depois docente nesta escola entre 2003 e 2006. Primeira exposição individual na Sala do Veado, entre dois pontos, Museu Nacional de História Natural, Lisboa, em 2004. Seguiram-se outras individuais, entre as quais duas na galeria VPF Cream Arte (2006, 2008); A minha Primeira Pintura, Voyeur Project View em Lisboa, 2007; Le Regard, CCC/Atelier-Museu A. Duarte/Casa Bernardo, Caldas da Rainha, em 2010; Eco Vê Narciso no Centro Cultural de Cascais, em 2014 e Mundus mundi no CIAJG, em 2018. Participa regularmente em exposições colectivas desde 1991, das quais assinalamos Sister Spaces, ZDB, Lisboa e Southern Exposure, San Francisco, em 2000; Armaposta, Galeria Trem, Faro/Capital Nacional da Cultura, 2005; Fazer Falar o Desenho, Museu de Arte Contemporânea do Funchal, Madeira, 2007; Opções e Futuros #5, Fundação PLMJ, Lisboa; Processo e Transfiguração, Casa da Cerca, Almada, em 2010; Oracular Espectacular/Desenho e Animismo, CIAJG, Guimarães, em 2015; Os Índios da Meia-Praia (do arco, da flecha e do desenho), Galeria 111, Lisboa, 2016; Jaime ou o desenho que nos dá o mundo, Fundação Carmona e Costa, Lisboa, 2018.

Seleccionado para o Prémio Celpa/Vieira da Silva - Arpad Szenes Artes Plásticas Revelação, em 2004, e para o Prémio EDP Novos Artistas 2005; vence, com Ana Cardoso, o Prémio de Aquisição Taminvest SGPS/Prémio Internacional Amadeo de Souza-Cardoso 2007. Está representado em várias colecções particulares e institucionais, destacando-se destas últimas a Fundação Carmona e Costa, Fundação D. Luís I, Fundação EDP, Fundação Ilídio Pinho, Fundação PLMJ e a AIP (Associação Industrial Portuguesa).