Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Hangover + Be Part of Chaos (2016-2019)


Carla Filipe
Galeria Francisco Fino, Lisboa

Lendo resolve-se: Álvaro Lapa e a Literatura


ÁLVARO LAPA
Culturgest, Lisboa

2012 2020 Obras da Coleção António Cachola


COLETIVA
Museu de Arte Contemporânea de Elvas , Elvas

Aos Meus Amores_2.0


Álvaro Rosendo
Galeria Cisterna, Lisboa

I can’t see you, but I know you’re here


Rui Calçada Bastos
Galeria Bruno Múrias, Lisboa

pressentir a paisagem. caminho atento para construir chão


Michael Biberstein
Museu Municipal de Faro, Faro

FRIDAY 13TH


Coletiva
Movart, Lisboa

Walk the curve


Ayelen Peressini e Inês Teles
Alto de S. Bento,

No Chão do Paraíso


ALBUQUERQUE MENDES
Auditório Municipal de Gondomar, Gondomar

Estancias de la pintura. Calavera resumida


Pedro Morales Elipe
Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


COLETIVA

Prémio Sonae




MNAC - MUSEU DO CHIADO
Rua Serpa Pinto, 4
1200-444 LISBOA

28 NOV - 02 FEV 2020


Inauguração: 28 de Novembro, às 19h, no MNAC

Iniciado em 2015, numa profícua e inovadora parceria entre a Sonae e o MNAC com o propósito de distinguir um/a artista, nacional ou estrangeiro residente em Portugal, com idade máxima de 40 anos, o Prémio Sonae Media Art é um indiscutível reconhecimento tendo produzido já dois vencedores — Tatiana Macedo (2015) e Rodrigo Gomes (2017).
O Prémio Sonae Media Art tem já a responsabilidade de uma afirmação artística no panorama das novas linguagens visuais em Portugal, constituindo-se como um importante incentivo ao pensamento e à criatividade.

As propostas inovadoras dos cinco finalistas desta edição - Diogo Tudela, Francisca Aires Mateus, Rudolfo Quintas, o coletivo Berru (Bernardo Bordalo, Mariana Vilanova, Rui Nó e Sérgio Coutinho) e o coletivo constituído por Tiago Martins, João Correia e Sérgio Rebelo - estarão em exposição de dia 29 de novembro até dia 2 de fevereiro do próximo ano.

No dia 4 de dezembro será conhecido o vencedor.

Mais informação: www.museuartecontemporanea.gov.pt/pt/programacao/1901