Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Outros Portos - Outros Olhares


Margarida Gouveia, Mina Ao, Peng Yun, Xing Danwen, O Zhang
Maus Hábitos - Espaço de Intervenção Cultural, Porto

Exposição colectiva


Gonçalo Barreiros + John Wood and Paul Harrison
Galeria Vera Cortês (Alvalade), Lisboa

O Mergulho


Pedro Gomes
Casa das Artes de Tavira, Tavira

19_20


Sandra Baía
Travessa da Ermida, Lisboa

ARQUIVO DE DESTRUIÇÃO


PEDRO LAGOA
Culturgest, Lisboa

Neste corpo não há poesia


Bárbara Fonte
CAAA - Centro para os Assuntos de Arte e Arquitectura, Guimarães

Público/Privado - Doce Calma ou Violência Doméstica?


COLECTIVA
Centro de Artes de Sines, Sines

The Soft and Weak Are Companions of Life


Zheng Bo
Kunsthalle Lissabon, Lisboa

Pequenas Notas sobre Figuração


Eugénia Mussa, Daniel V. Melim e Thomas Braida
Monitor, Lisboa

Inhale, Exhale (self-breathing kit)


Paulo Arraiano
Travessa da Ermida, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


GABRIEL ABRANTES | VON CALHAU

MELANCOLIA PROGRAMADA | UNHARIAS RATÓRICAS




MAAT
Av. de Brasília, Central Tejo
1300-598 LISBOA

11 FEV - 19 MAI 2020


Inauguração: 11 fevereiro, 19h



MELANCOLIA PROGRAMADA. GABRIEL ABRANTES
12 Fev 2020 - 19 Maio 2020

A exposição abre com uma série de aguarelas instalada ao longo do corredor, um conjunto que introduz uma dimensão intimista e autobiográfica que é pouco habitual no seu trabalho. Com a exceção da sala onde se encontra a pintura As Banhistas, a exposição organiza-se em torno de seis ambientes distintos, cada um construído em torno de um dos filmes do artista. A primeira sala é dedicada à sua mais recente curta-metragem, Les Extraordinaires Mésaventures de la Jeune Fille de Pierre e inclui uma das novas animações 3D em Realidade Virtual feitas especificamente para esta exposição individual no MAAT. No caso de Visionary Iraq (2008) e Too Many Daddies, Mommies and Babies (2009), filme que lhe valeu o Prémio Novos Artistas da Fundação EDP, os ambientes recriam os cenários dos filmes. Produzidas entre 2008 e 2019, estas obras fílmicas baseiam-se em narrativas complexas que cruzam uma série de situações históricas, sociais e políticas com uma reflexão crítica sobre grandes temas da antropologia, modernidade e identidade.



VON CALHAU! UNHARIAS RATÓRICAS
12 Fev 2020 - 19 Maio 2020

Unharias Ratóricas é uma exposição Von Calhau! Unharias é uma palavra-valise que une Unhas e Ninharias. Unhas são estruturas compostas por queratina, presentes nas pontas dos dedos de alguns animais. Ninharias são coisas pequenas ou insignificantes. Ratóricas é plural de Ratórica. Ratórica é um ersatz possível para Retórica, em que o E de Elusão foi substituído pelo A de Alusão. Alude à imagem de um animal que também tem unhas: o Rato. Esta alusão é um piscar de olhos à tese Oulipiana, que afirma que os escritores são ratos que constroem labirintos de onde tentam escapar. Esse inofensivo povoador de doenças é um condutor radical de vírus. E se a palavra é um vírus, como afirmava um conhecido exterminador que às vezes também era escritor então o rato é um exímio condutor e disseminador de palavras. Palavras que se amontoam, gerando textos. Textos que se amontoam, gerando livros. Livros em francês diz-se Livres. Livres ao espelho dá em servil. Um rato servil ao espelho. Um rato servil ao espelho movimentando-se na noite escura, tentanto escapar do labirinto cuja construção não pára de querer construir. Edificar-se no espaço. Unharias Ratóricas é uma exposição que pretende espacializar um livro. Um livro intitulado Acéfalanterna (disponível para consulta no espaço da exposição) que será / foi lançado no dia 29 de Fevereiro de 2020. D