Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

AS PALAVRAS EM LIBERDADE — E.M. DE MELO E CASTRO: O ARTISTA E A SUA COLEÇÃO


COLECTIVA
Fundação de Serralves, Porto

Aquisições. Núcleo de Arte Contemporânea da Câmara Municipal de Lisboa


COLECTIVA
Galerias Municipais de Lisboa - Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, Lisboa

New Age Kids


Pauliana Valente Pimentel
Galeria Diferença, Lisboa

A Moeda Viva


COLECTIVA
Galerias Municipais - Galeria Quadrum, Lisboa

JÚLIA VENTURA 1975-1983


Júlia Ventura
Culturgest, Lisboa

Problemas do Primitivismo – a partir de Portugal


COLECTIVA
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

ANARCHIVAL FRAMES


COLECTIVA
DUPLACENA 77, Lisboa

11 Livros para 11 Artistas


COLECTIVA
Biblioteca de Alcântara, Lisboa

Acts of Transformation


FUTURA e REVOK
Galeria Underdogs, Lisboa

Nosso Barco Tambor Terra


Ernesto Neto
MAAT, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


CATARINA PATRÍCIO

Balada do Condado Laranja




MNAC - MUSEU DO CHIADO
Rua Serpa Pinto, 4
1200-444 LISBOA

17 NOV - 07 JAN 2024


INAUGURAÇÃO: 16 de Novembro às 18h00 no MNAC - Museu Nacional de Arte Contemporânea

Curadoria: Emília Ferreira



:::


“Existe uma relação de dança, de tensão, entre imagens e palavras. Aquelas, permeáveis a estas, deixam-se redefinir ou “redimensionar” por elas; e estas — as palavras — não se livram do seu passado de desenho, de uma certa “arquiescritura”, que aponta esse pretérito riscado na terra, e que se tem alterado, sedimentado, ao longo do tempo, sem, contudo, se livrar desse corpo — o signo.” - fragmento do texto de sala por Emília Ferreira


:::


Catarina Patrício (n. Lisboa em 1980) trabalha em desenho o espaço de tensão que se abre pelo corte e montagem de imagens e texto. Desenvolvendo a sua atividade entre a prática artística, o ensino e a investigação em Cultura Contemporânea (ECATI, Universidade Lusófona / CICANT). Catarina Patrício é doutorada em Ciências da Comunicação e mestre em Antropologia pela NOVA-FCSH, tendo realizado especialização em pós-doutoramento, com bolsa FCT, entre 2015 e 2020. Catarina Patrício é formada em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e estudou Fotografia com Gottfried Jäger na FH Bielefeld. Expõe e publica ensaios regularmente.