Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Do Labirinto ósseo do homem ao eixo do Rochedo


Marcelo Moscheta
Museu de História Natural e da Ciência, Lisboa

ANAGRAMAS IMPROVÁVEIS. OBRAS DA COLEÇÃO DE SERRALVES. & C.A.S.A. COLEÇÃO ÁLVARO SIZA, ARQUIVO


COLECTIVA
Ala Álvaro Siza, Porto

Terra Estreita


COLECTIVA
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

a pele da água


Pedro Tudela e Zés Pereiras
VNBM – arte contemporânea, Viseu

QUID


Isabel Sabino
Centro Cultural de Cascais, Cascais

Álbum de Família


COLECTIVA
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Mirror Drumming


João Biscainho
Appleton Square , Lisboa

Double Jeu


André Cepeda
Cristina Guerra Contemporary Art, Lisboa

Cores Vistas de Dentro para Fora


COLECTIVA
Fundação Gramaxo, Maia

Exposições dos 60 anos da Galeria 111


COLECTIVA
Galeria 111 (Lisboa), Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


RENATO FERRÃO

Für Fur Fur Fúria de Viver




CENTRO DE ARTE OLIVA
Oliva Creative Factory\r\nRua da Fundição, 240
3700-119 S. JOÃO DA MADEIRA

26 JAN - 07 ABR 2024


INAUGURAÇÃO: 26 de Janeiro às 18h00 no Centro de Arte Oliva

Curadoria: Andreia Magalhães



:::


Ao longo do seu percurso artístico Renato Ferrão tem vindo a trabalhar no campo alargado da escultura. Uma parte significativa das esculturas que realizou até 2010 integra objetos quotidianos suspensos por intermédio de elásticos e cabos extensores, explorando fenómenos de tensão que desafiam as leis da gravidade e reagem ao espaço de exposição. Nos últimos anos o seu trabalho tem-se alargado a fenómenos de reprodução e projeção da imagem, criados a partir dos projetores que constrói com lentes, sistemas mecânicos e eletrónicos. A exposição no Centro de Arte Oliva é a mais extensa que o artista realiza até à data, e proporcionará uma experiência abrangente do seu trabalho. Apresenta projetos relevantes do seu percurso, alguns reconstruídos e remontados para este espaço, e a conceção de novas obras, entre as quais a instalação narrativa Fúria de viver.


:::


PROGRAMA

18h00

Inauguração​ da exposição.

18h30
Visita à exposição com Andreia Magalhães e Renato Ferrão

19h00 - 21h00
Beberete.


:::


A exposição é organizada pelo Centro de Arte Oliva.

Mecenas da exposição Fundação Ilídio Pinho.