Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

PARÓDIA CEGA


Emma Moro, Francisco Menezes, Léna Lewis-King e Vasco Barata
Museu Bordalo Pinheiro, Lisboa

Coco Chanel, além da moda


Gabrielle Chanel
Centro Cultural de Cascais, Cascais

Teínas, Ossos e Outras Iguarias desenhos


Sandra Macieira
Tinta nos Nervos, Lisboa

REVOLUÇÕES (1960-1975)


Júlio Pomar
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Casa Vale Ferreira


João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira
Casa de Serralves, Porto

os dias estão numerados


Daniel Blaufuks
MAAT, Lisboa

Kubik Comporta Coletiva


COLECTIVA
Kubikgallery, Porto

The touching of the wound


COLECTIVA
DUPLACENA 77, Lisboa

Portugal Ano Zero: livros de fotografia da revolução


COLECTIVA
Centro de Arte Oliva, S. João da Madeira

ÀS ESCURAS


Rosa Carvalho
Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


JúLIO POMAR

REVOLUÇÕES (1960-1975)




ATELIER-MUSEU JúLIO POMAR
Rua do Vale, nº7
1200-472 LISBOA

11 JUL - 24 NOV 2024


INAUGURAÇÃO: 10 de Julho às 17h00 no Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Comissários: Alexandre Pomar e Óscar Faria



:::


Nas décadas de 1960-70, as mudanças na vida e na obra de Júlio Pomar cruzaram-se com as revoluções do tempo, o Maio de Paris e o Abril em Lisboa, e acompanharam de perto outras manifestações contestatárias e transformações de comportamentos, como a antipsiquiatria e a revolução sexual.

É esse período de pesquisa e de reorientações, e também de intensa reflexão crítica, que a exposição Júlio Pomar. REVOLUÇÕES (1960-1975) explora, trazendo à luz numerosas obras, algumas inéditas, outras afastadas do público há muitos anos.