Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

CICLO DE CINEMA INDEPENDENTE NO ALGARVE



Vários locais, Algarve,

Concerto de Abertura 40º Festival CITEMOR


IVO DIMCHEV
TAGV, Coimbra

Convidado de Verão


Joaquim Sapinho
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Sud-Express: Olhares Internacionais sobre Arquitetura Portuguesa


Laurent Beaudouin e Francis Rambert
Casa da Arquitetura, Matosinhos

Pedro Calapez, Fernando Rosa Dias e Raquel Henriques da Silva



Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Conversa com


Ann Hamilton
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

The zero alternative: Ernesto de Sousa and some other aesthetic operators in Portuguese art and poetry from the 1960s onwards


Lançamento da edição de 2018 da revista OEI # 80–81
CAPC - Círculo de Artes Plásticas, Coimbra

Dissociation


Pierre Barbrel
Livraria Sá da Costa, Lisboa

Cinema e Revolução


Luís Miguel Oliveira e Carlos Natálio
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Escutar as Águas


Francisco Tropa, José Tolentino Mendonça e Paulo Pires do Vale
Museu do Dinheiro, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


VÁRIOS REALIZADORES

Rússia - Esse Enigma Uma Cinematografia de Génio(s)




CINEMA MONUMENTAL
Edifício Monumental Av. Praia da Vitória, 72
1050-183 LISBOA

14 JUN - 11 JUL 2018


Certa vez, e porque, como ele o disse, “andava a mania de se resolver tudo em termos de futebol”, o poeta Vinicius de Morais, escreveu um artigo, onde, desafiado por uma jovem amiga que começava a ver os grandes clássicos do cinema, lhe “oferecia” um “supertime” dos grandes cineastas. A febre mundial por causa do Mundial de Futebol está aí de novo, a bater-nos à porta da nossa atenção. Decorrerá a partir de 14 de Junho, na Federação da Rússia, e coincide com o seu Dia Nacional.
E porque há mais vida para além do Mundial de Futebol, a Medeia Filmes propõe, no cinema Monumental, um ciclo, que começa exactamente a 14 de Junho e se prolonga até ao dia 11 de Julho, alternativa e complemento para o que se passará dentro e fora das 4 linhas. Falamos de um ciclo de cinema russo, essa cinematografia de génio(s), que importa (re) visitar.
Nessa equipa desenhada por Vinicius, é claro que estavam incluídos os indiscutíveis Eisenstein (talvez o mais genial dos cineastas, o “Leonardo da Vinci do cinematógrafo”, como ainda em vida lhe chamaram por causa dos seus talentos múltiplos) e Dovzhenko. Para além desses, convocámos, numa “equipa” que mistura a “experiência” e o “sangue novo”, um total de 20 realizadores, que, dos tempos do mudo, das vanguardas dos anos 20 (Eisenstein, Vertov, Dovzhenko, Barnet) ao incomensurável Mikhail Romm, a quem poderíamos chamar um “jogador do miolo”, o que “pensava o jogo”, ele que uniu os antigos mestres aos novos — foi professor de Tarkovsky, um verdadeiro cometa na história do cinema russo, e foi ele que lançou esta geração, que incluía ainda Klimov, Khutsiev e a extraordinária Larisa Shepitko, dos quais publicaremos em DVD, no decorrer do ciclo, o pack “Dos Anos 60 à Perestroika”. Há ainda Konchalovsky (que trabalhou com Tarkovsky), o seu irmão Nikita Mikhalkov, em filmes no “auge da sua forma”, Bondarchuk, aos realizadores dos 90, Vitali Kanevski, Aleksandr Sokurov, ou aos mais recentes, como Zvyagintsev e, num filme inédito em Portugal, os realizadores Boris Yukhananov e Aleksandr Shein, autores de Nazidanie, estreado na última edição do festival de Locarno e já um filme de culto, e que reinterpreta, de forma especialmente criativa, a famosa final do Mundial de 2016, entre a Itália e a França. Os realizadores transformam Zinedine Zidane, Marco Materazzi, os grandes protagonistas, e os outros participantes, e ainda os 2.5 biliões de espectadores que assistiram ao jogo em todo o mundo, em heróis de um conto muito especial, como se de um espectáculo místico se tratasse. O filme será apresentado pelo crítico russo Boris Nelepo, que participará ainda num debate com os críticos russos Alexey Artamonov e Denis Ruzaev.
Veremos ainda algumas raridades, como o programa completo dos filmes do “cineasta raro” Artavazd Peleshyan, e outros, e prometemos algumas “jogadas surpreendentes”.
Vinicius terminava o seu texto dizendo que era pena que a sua jovem amiga — chamava-se Danusa — não tivesse visto (por indisponibilidade das obras) os filmes da maior parte dos cineastas que lhe indicava. No nosso caso, é uma falha que queremos colmatar. Para que os/as fãs mais jovens, para que todos os nossos amigos e amigas “Danusas”, possam descobrir “o grande e enigmático cinema russo” que tantos génios nos deu.

REALIZADORES CONVOCADOS
Serguei Eisenstein
Dziga Vertov
Aleksandr Dovzhenko
Boris Barnet
Mikhail Romn
Herman Llavrov
Serguei Bondarchuk
Andrei Tarkovsky
Andrei Konchalovsky
Artavazd Peleshian
Nikita Mikhalkov
Elem Klimov
Marlen Khutsiev
Larisa Shepitko
Vitali Kanevski
Aleksandr Sokurov
Andrey Zvyagintsev
Boris Yukhananov
Aleksandr Shein