Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Abertura de Ateliers de Artistas


9ª edição
Vários locais/Lisboa, Lisboa

O Cisne de Bayreuth


Jorge Calado
MUSEU DA MÚSICA, Lisboa

Novas Perspectivas:Descolonização, Arte e Museu


Kalaf Epalanga e Jochen Volz
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Jean-Marie Straub e Danièle Huillet


Lothringen! (Lorraine!) | Cézanne
Cinemateca, Lisboa

Em torno do Desenho


Encontro
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

HAPPY HOUR [HORA FELIZ]


Ryusuke Hamaguchi
Cinema Nimas, Lisboa

I Colóquio Internacional: GEORG SIMMEL: METAFÍSICO - “O SIGNIFICADO ETERNO DO TEMPORAL”



Museu Coleção Berardo, Lisboa

Building Stories. Histórias Construídas


Debate de encerramento
Garagem Sul, León

Palácio de Monserrate abre à noite com entrada livre



Palácio de Monserrate, Sintra

Eternity has no door of Escape | Encounters with Outsider Art


Arthur Borgnis
Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


LOTHRINGEN! (LORRAINE!) | CÉZANNE

Jean-Marie Straub e Danièle Huillet




CINEMATECA
Rua Barata Salgueiro, 39 LISBOA
1269-059 LISBOA

11 OUT - 11 OUT 2018


Exibição dos filmes LOTHRINGEN! e CÉZANNE dia 11 de Outubro, às 18H30, da Cinemateca


LOTHRINGEN! foi uma encomenda da Arte para uma “noite temática” sobre a Lorena, região natal de Straub, fronteiriça com a Alemanha, que a anexou entre 1870 e 1918 e onde, entre 1940 e 1944, era proibido falar francês nas ruas e nas escolas. No filme, para surpresa de muitos, Straub-Huillet confrontam-se com textos de Maurice Barrès, intelectual de direita, mas “que teve uma juventude bastante anarquista” (Straub) e cujos livros foram proibidos pelos alemães. Straub-Huillet reúnem imagens da Lorena contemporânea, depois dos desastres da desindustrialização, e trechos de Barrès que evocam o êxodo de milhares de lorenos em 1872, rumo a outras regiões de França, pois “não podiam ser alemães”.


CÉZANNE evoca o trabalho do pintor através da sua correspondência com o crítico Joachim Gasquet, lida com tremenda intensidade por Danièle Huillet, com intervenções de Straub. São mostrados poucos quadros, sempre na sua totalidade, com a moldura e a parede que os cerca, e inseridos trechos de MADAME BOVARY, de Jean Renoir e de DER TOD DES EMPEDOKLES, numa “mistura” straubiana cujo resultado é um dos filmes mais extraordinários jamais feitos sobre a pintura. LOTHRINGEN! é apresentado em cópia digital.