Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

"Once in a lifetime [repeat]" e "Esboços de técnicas interiores"


João Onofre e Steve Paxton
Culturgest, Lisboa

Atrás do Atlas


Yu Lin Humm
Art Room, Lisboa

In defense of Abstract Expressionism


II Ciclo Conversas na Biblioteca
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

1000 Pieces Puzzle


Bootcamp
Performact, Torres Vedras

Stephanie Hare


Human Entities 2019
TRIENAL DE ARQUITECTURA DE LISBOA, Lisboa

Ana Borralho e João Galante


Romance Familiar
Culturgest, Lisboa

Conversa


António Guerreiro, Emília Tavares, Joaquim Caetano e Maria de Fátima Lambert
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Aulas Gratuitas


Contacto-Improvisação
Culturgest, Lisboa

Zama


Lucrecia Martel
Ar.Co Centro de Arte e Comunicação Visual (Xabregas), Lisboa

Se Fores Preso, Camarada…


Documentário
Cine-Granadeiro Auditório Municipal,

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


1 000 056.ª ANIVERSÁRIO DA ARTE




CAPC - CÍRCULO DE ARTES PLÁSTICAS
Piso Térreo do Edíficio da Biblioteca Municipal Parque de Santa Cruz, Jardim da Sereia
3001-401 COIMBRA

17 JAN - 17 JAN 2019


O Círculo de Artes Plásticas de Coimbra convida para no dia 17 de janeiro, quinta-feira, a partir das 18 horas, no Círculo Sede, celebrar o 1 000 056.ª Aniversário da Arte numa FESTA sem arte (convencional) mas que seja ela própria uma verdadeira afirmação da identidade possível e necessária entre a arte e a vida.

No dia 17 de janeiro de 1974, Ernesto de Sousa organizou uma festa comemorativa do 1 000 011.º Aniversário da Arte em Portugal, no Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC). Passados 44 anos sobre esse evento, o CAPC promove um novo dia de festa com um vasto programa que começa com a republicação da carta-convite original — assinada por Robert Filliou, Ernesto de Sousa, Alberto Carneiro e João Dixo —, acompanhada de um ensaio que Jorge Pais de Sousa escreveu sobre o Manifesto do Aniversário da Arte.

Todos os que nos apresentaram as mais diversas propostas na Open Call que fizemos para este dia, foram convidados a participar numa discussão coletiva (com António Olaio, Joana Monteiro, Jorge Neves e José Miguel Pereira), da qual resultou o programa que no dia 17 de janeiro de 2019, quinta-feira, começa às 18 horas e estende-se até à madrugada seguinte.

No Círculo Sede, na Rua Castro Matoso, onde está patente No dia seguinte está o agora, a exposição que Nuno Sousa Vieira e Cristina Reis conceberam para assinalar os 60 anos do Círculo, e onde se encontram obras da nossa história e criações de jovens artistas, neste dia de festa vão suceder-se as propostas de

António Azenha e Marissel Marques / António Castanheira / Bernardo Ferreira / Carolina Fangueiro / Daniela Varela / Diogo Simões / Escola Secundária José Falcão / Esfinge Coletivo Ancestral / Frederico Nunes / Gonçalo Barros / Gonçalo Gaiola / Halisson Silva / Hugo Rodrigues Cunha / Jorge Cabrera / Jorge dos Reis / Lourenço Leitão / Luís Ribeiro / Marcos Duvágo / Os Supercríticos / Pedro Vaz, Rui Martins e Wagner Merije / Petra Naydenov / Raquel Moreira / Romano Saraiva / Rui Mourão / Sebastião Casanova / Teresa Luzio / Tito Chambino / Vitor Malva


para uma festa que celebra agora o 1 000 056.º Aniversário da Arte – com performances, instalações, concertos, jogos.

Numa dessas propostas, que é simultaneamente uma homenagem a Ernesto de Sousa e uma ideia de utopia, António Castanheira desafia «cada um dos participantes habituais — a que conseguimos chegar directamente — a comprometer-se a trazer para a festa duas pessoas que não tenham o hábito de frequentar exposições, que assuma a responsabilidade de trazer dois vizinhos, dois familiares, dois colegas de trabalho, enfim, quaisquer duas pessoas que, de outro modo, não participariam na festa e que, naturalmente, os ajudem a sentir em casa, que os ajudem com ternura a compreender e a gostar de arte».