Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

"Once in a lifetime [repeat]" e "Esboços de técnicas interiores"


João Onofre e Steve Paxton
Culturgest, Lisboa

Atrás do Atlas


Yu Lin Humm
Art Room, Lisboa

In defense of Abstract Expressionism


II Ciclo Conversas na Biblioteca
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

1000 Pieces Puzzle


Bootcamp
Performact, Torres Vedras

Stephanie Hare


Human Entities 2019
TRIENAL DE ARQUITECTURA DE LISBOA, Lisboa

Ana Borralho e João Galante


Romance Familiar
Culturgest, Lisboa

Conversa


António Guerreiro, Emília Tavares, Joaquim Caetano e Maria de Fátima Lambert
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Aulas Gratuitas


Contacto-Improvisação
Culturgest, Lisboa

Zama


Lucrecia Martel
Ar.Co Centro de Arte e Comunicação Visual (Xabregas), Lisboa

Se Fores Preso, Camarada…


Documentário
Cine-Granadeiro Auditório Municipal,

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


CARLOS BUNGA

Eu sou um nómada




FUNDAÇÃO CARMONA E COSTA
Rua Soeiro Pereira Gomes, Lote 1- 6º A e D, Edifício de Espanha (Bairro do Rego)
1600-196 LISBOA

09 FEV - 09 FEV 2019


Conversa com CARLOS BUNGA | Sábado 9 Fevereiro - 18h


A partir da exposição Where I am free na Fundação Carmona e Costa
(22 de janeiro a 26 março)

Curadoria: Inês Grosso


"Where I am free é a primeira exposição exclusivamente dedicada ao desenho na obra de Carlos Bunga. A exposição surge no âmbito de uma parceria entre a Fundação Carmona e Costa e o MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, onde é possível ver a primeira grande apresentação monográfica do seu trabalho em Portugal.

Na Fundação Carmona e Costa é apresentada uma seleção de desenhos, esquissos e anotações — alguns deles estavam há mais de uma década guardados nos arquivos do artista, sendo que muitos nunca foram exibidos —, mas também obras recentes concebidas especificamente para a Fundação.

Ocorrendo em simultâneo, as duas exposições proporcionam uma oportunidade única para revisitar trabalhos mais antigos de Carlos Bunga, mas também para conhecer a sua produção mais recente e o percurso de um dos artistas mais fascinantes da sua geração — e também o vencedor do Prémio Novos Artistas Fundação EDP em 2003. No âmbito destas exposições será lançado um catálogo em parceria com a editora espanhola Ediciones Polígrafa, que incluirá uma ampla seleção de imagens e ainda um conjunto de textos e ensaios inéditos assinados por diversos autores."