Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

O Génio de Leonardo da Vinci nos 500 Anos da sua Morte


Colóquio
Academia das Ciências de Lisboa, Lisboa

The artist as ethnographer


Conversas na Biblioteca de Arte
,

Manuel Rosa


Clareira Escultura 1984-2018
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Frente Decadente


Ciclo mensal
Desterro, Lisboa

Archiving Performance


Seminário
ESPAÇO ALKANTARA , Lisboa

Arquitectura Visionária


Visita guiada
TRIENAL DE ARQUITECTURA DE LISBOA, Lisboa

Arquitetura da Contrarrevolução


Conferência de Samia Henni
CCB - Serviço Educativo, Lisboa

Lançamento


Inland Journal #8 de Fernando José Pereira
Café Candelabro, Porto

Ciclo de cinema


Retrospectiva Artavazd Pelechian
Cinemateca, Lisboa


Conversas com Artistas e Curadores
MAAT, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


CONVERSAS NA BIBLIOTECA DE ARTE

The artist as ethnographer








04 JUN - 04 JUN 2019


Este é o segundo ciclo de Conversas na Biblioteca de Arte. Tal como no ciclo anterior, cada conversa é orientada por um convidado, a quem cabe apresentar o tema escolhido e lançar questões. Abre-se depois espaço para o debate e para a conversa, que se deseja participativa e onde o sentido especulativo possa ter lugar. Pretende-se entender melhor a arte dos séculos XX e XXI, e o ponto de partida é sempre o mesmo: um texto do catálogo da Biblioteca de Arte e Arquivos da Fundação e um leitor para o comentar. Acontece sempre à terça-feira, até julho.

Curadoria: Sofia Nunes

4 junho / Ter / 17:30 – 18:30, na Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian

Hal Foster, «The artist as ethnographer»
Este importante ensaio de Hal Foster publicado no seu igualmente incontornável The Return of the Real: The Avant Garde at the End of the Century (1996), constitui um dos textos fundamentais do chamado “ethnographic turn” na arte contemporânea. Para além das habituais referências teóricas pós-estruturalistas e psicanalíticas de Foster, este ensaio é exemplar do forte impacto dos debates oriundos dos estudos pós-coloniais e dos estudos culturais de tradição anglófona dos anos 1970 e 80 na história da arte ocidental dos anos 90, nomeadamente no que à crítica da etnografia colonial e do primitivismo diz respeito. Apesar dos limites da análise de Foster, ela foi relevante na medida em que não só detetou, como também contribuiu para a visibilidade crescente de reflexões críticas em torno do passado colonial do ocidente e das noções de identidade e diferença na arte contemporânea.
Convidada: Ana Balona de Oliveira