Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Conferências MATLIT 2021


Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura
Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Lisboa

COLÓQUIO


Ernesto de Sousa
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Trabalho de Inverno


Pedro Tropa, João Pimenta Gomes e Teresa Santos
Galeria Quadrado Azul (Novo espaço em Lisboa), Lisboa

Ping! - Programa de Incursão à Galeria


Um Elefante no Palácio de Cristal
Galeria Municipal do Porto, Porto

FESTIVAL Y#17


FESTIVAL DE ARTES PERFORMATIVAS
Vários locais / Covilhã e Castelo Branco, Covilhã

EXIBIÇÃO DE FILMES


SARAH MALDOROR
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

CICLO CINEMA E FOTOGRAFIA


VISÕES ESPECTRAIS
Casa do Cinema Manoel de Oliveira, Porto

O ESCURO QUE TE ILUMINA OU AS ÚLTIMAS SETE PALAVRAS DE CRISTO


MÓNICA CALLE
Culturgest, Lisboa

INFO MANÍACO


Teatro Praga
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

Jaguar


Marlene Monteiro Freitas
Teatro Nacional D.Maria II, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


ALBUQUERQUE MENDES

«A Minha Obra e Eu»




MUSEU COLEÇÃO BERARDO
Praça do Império
1499-003 LISBOA

25 MAI - 31 MAI 2020


Apresentação para ver online na semana de 25 a 31 de Maio: https://pt.museuberardo.pt/minha-obra-e-eu-albuquerque-mendes



«A Minha Obra e Eu» - o artista Albuquerque Mendes fala-nos das suas obras pertencentes à Coleção Berardo

O Museu Colecção Berardo lançou um convite a artistas portugueses representados na Coleção Berardo para falarem sobre as suas obras. Nesta semana, o artista Albuquerque Mendes fala-nos dos seus trabalhos pertencentes à Coleção Berardo.


:::


Albuquerque Mendes (Trancoso, 1953) utiliza a pintura e a performance como meios preferenciais de expressão. O artista é considerado uma importante referência da performance em Portugal. A sua obra tem sido apresentada, desde a década de 1970, em diferentes museus e instituições nacionais e internacionais. Participou em alguns dos mais importantes festivais do performance, ao lado de artistas como Hermann Nitsch, Robert Filliou e Orlan, e ganhou notoriedade em 1977, quando participou na exposição Alternativa Zero, de grande importância para o panorama da arte portuguesa da segunda metade do século XX. Nas suas obras, predominam os temas relacionados com a simbologia religiosa e os autorretratos.
Integrou, na década de 1970, o Grupo Puzzle. Este coletivo foi fundado por um conjunto de artistas que procuravam intervir no espaço urbano — ao qual também pertencia Gerardo Burmester, com quem Albuquerque Mendes fundou, em 1982, no Porto, a Associação de Arte Espaço Lusitano.
Em novembro de 2001, a Fundação de Serralves realizou a sua primeira exposição antológica, e mais recentemente participou na exposição coletiva Quel Amour!?, no Museu Coleção Berardo, entre 2018 e 2019. Recebeu os Prémios Nadir Afonso (1983) e Amadeo de Souza-Cardoso (1997).