Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Em Busca do Tempo Perdido I – Do Lado de Swann


Marcel Proust
Biblioteca Municipal de Almada, Almada

A Noite das Ideias 2022


Vários
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Acts of Rememory


Ekow Eshun
Fundação de Serralves, Porto

Écran Cego


Carlos Nogueira
Livraria Linha de Sombra, Lisboa

WOW


Performance por Sónia Baptista
Culturgest, Lisboa

Rui Macedo, Lagunas, Fissuras e outros Fingimentos


João Pinharanda, Rui Macedo
Travessa da Ermida, Lisboa

CICLO DE CINEMA


Bernardo Sassetti
Cinemateca, Lisboa

Nunca Mais Um Outro Agora


Bruna de Carvalho
Biblioteca Municipal de Marvila, Lisboa

Jornal S/ Título nº2


Lançamento Publicação
Útero, Lisboa

Autópsia


Olga Roriz
Teatro Nacional de São João, Porto

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


OLGA RORIZ

Autópsia




TEATRO NACIONAL DE SÃO JOÃO
Praça da Batalha
4000-102 PORTO

31 DEZ - 31 DEZ 2021


Autópsia
31 Dezembro


Autópsia de Olga Roriz de regresso ao palco online do São João

Espetáculo que convida os espectadores a refletirem sobre si próprios explora as consequências da ação humana em seis paisagens do planeta


Para celebrar a época festiva, o Teatro Nacional São João (TNSJ) vai promover a transmissão de um espetáculo online entre o Natal e o Ano Novo. Em Autópsia, a coreógrafa Olga Roriz convida os espectadores a refletirem sobre si próprios e sobre o mundo que os rodeia, bem como sobre a possibilidade de redenção. O espetáculo estará disponível online, na sala virtual do São João, em formato on demand, entre os dias 25, a partir das 21h00, e 31 de dezembro, até à meia-noite.

A criação de Olga Roriz viaja por seis paisagens do planeta – entre as quais Chernobyl ou a ameaçada Antártida –, refletindo nos solos iniciais dos seus intérpretes toda a dor e destruição causadas pelo ser humano. Graças à dança, que aqui emerge como um processo de dissecação do mal que há em cada um de nós, a solidão torna-se num despertar coletivo que leva à transformação de cada um dos lugares representados na peça, demonstrando que há um caminho possível para a salvação. A produção aborda ainda a repetição e o ciclo do nascimento e da morte, comparando-o à noite e ao dia.

Autópsia conta com a interpretação de André de Campos, Beatriz Dias, António Bollaño, Catarina Câmara, Marta Lobato Faria e Yonel Serrano. Recorde-se que o espetáculo já tinha estado no palco online do Teatro Nacional São João no início deste ano, integrando o ciclo Dancem!21. Os bilhetes de acesso à sala virtual do São João têm o custo de dois euros e permitem a visualização do espetáculo até três dias após a data da sessão escolhida.