Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Aniversário Casa Fernando Pessoa


Vários
Casa Fernando Pessoa, Lisboa

Luz e Sombra - Representações da Idade Média no Cinema


Vários
Cinemateca, Lisboa

Drácula - Lucy's Dream


Plexus Polaire
Cineteatro Louletano, Loulé

Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil


Julião Sarmento
Museu Coleção Berardo, Lisboa

12ª Feira do Livro de Fotografia de Lisboa


Vários
Rua da Palma 246, Lisboa

MAL - Mercado Aberto do Livro


Vários
Dona Ajuda/P.R.A.Ç.A., Lisboa

Siza Talks 2022


Vários
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

A velocidade das coisas


Letícia Ramos
Escola das Artes | Universidade Católica do Porto, Porto

Lugares de Memória Arte e Espólios Documentais


Vários
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Nocturno de João Nisa e e filmes de David Lamelas, Larry Gottheim e Tacita Dean em 16mm


Vários
Cinemateca, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


JULIÃO SARMENTO

Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil




MUSEU COLEÇÃO BERARDO
Praça do Império
1499-003 LISBOA

22 NOV - 22 NOV 2022


VISITA TEMÁTICA: 26 de novembro, sábado, às 16h00 no Museu Coleção Berardo

Conceção: Sofia Nunes



:::


A palavra desejo tem sido a mais usada para descrever a obra de Julião Sarmento. Nesta visita temática vamos procurar compreender como o desejo em Julião, embora tratado com recurso à figuração ou ao vestígio da realidade, assume uma dimensão iminentemente abstrata. Esta, por sua vez, não deixa de implicar as conflitualidades da própria pulsão.

Entrada e participação gratuitas, mediante inscrição prévia.

Limite máximo de 25 participantes.


:::


Sofia Nunes é crítica de arte, doutoranda em História e Teoria da Arte pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH/UNL) e pela Université Paris 1 — Sorbonne, e investigadora do Instituto de História da Arte da FCSH. Exerceu, entre 2002 e 2006, assistência de curadoria e produção de exposições no MNAC — Museu do Chiado e noutros centros de arte contemporânea nacionais. Foi professora convidada no Mestrado de Arte Contemporânea da Universidade Católica Portuguesa de Lisboa entre 2009 e 2011. Escreve com regularidade para publicações da especialidade e é autora de vários artigos académicos.