Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Umbigo #89 - Apocalipse


Vários
Jahn und Jahn, Lisboa

Problemas do Primitivismo, a partir de Portugal


Mariana Pinto dos Santos e Ludgero Almeida
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

Retratos da Diáspora. Visões afro-lisboetas


Filipa Vicente e Adão Marcelino
Padrão dos Descobrimentos, Lisboa

RADICAIS LIVRES: experiências da dança no cinema experimental


Bárbara Janicas
ZDB - Galeria Zé dos Bois, Lisboa

NORMA


Diana Niepce
Jardins do Bombarda - Centro Cultural e Comunitário, Lisboa

Na boca da baleia


Susana Neves
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Noites de Verão 2024


Vários
FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa

ESPELHO MÁGICO - UMA HISTÓRIA DO CINEMA


Francisco Valente
Livraria Linha de Sombra, Lisboa

Brotéria


Samuel Silva
Brotéria, Lisboa

Paisagens Partilhadas


Caroline Barneaud e Stefan Kaegi
Culturgest, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


ANTóNIO CHAGAS ROSA

O HOMEM DOS SONHOS




ONLINE



29 JUN - 29 JUN 2024


ÓPERA: Estreia dia 29 de Junho às 22h00 na RTP 2


:::


Versão filmada da ópera “O Homem dos Sonhos” de António Chagas Rosa, estreada em 2022, encomendada e produzida pela Ópera do Castelo, a partir do conto homónimo de Mário de Sá-Carneiro, encarnada pela soprano Catarina Molder, que assina também a realização. Num café intemporal um homem espera impacientemente alguma coisa. Eis que chega um ser camaleónico e desarmante que afirma ter ultrapassado a monotonia da vida, ao conseguir viver tudo o que sonhava, levando-o por uma viagem por essas novas realidades. Será este homem uma projecção, miragem, sonho ou pesadelo?

“Eu dominei os sonhos. Sonho o que quero. Vivo o que quero”