Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Conferência


Colecionismo público e privado de arte contemporânea
Fundação PLMJ, Lisboa

INLAND JOURNAL: Novas edições e apresentação do novo site


Inland Journal
ZDB - Galeria Zé dos Bois, Lisboa

A Europa em Álvaro Siza: Cidade, Democracia e Arquitetura


Colóquio
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Talk, Talk, Talk


CICLO DE CONFERÊNCIAS
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Manuel Casimiro: Pintar a Ideia


de Isabel Lopes Gomes
Cinemateca, Lisboa

Carlos Botelho - Vida é Obra


Tertúlia
Casa das Artes e Ofícios - Atelier Carlos Botelho, Cascais

THE ÁLVARO SIZA TALKS 2019


Discursos sobre Arquitetura
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Wothandizira


Turma Hélice
Hélice, Lisboa

Curadoria. O pensamento é um perigo, é um salto, é um desvio


CICLO DE CONFERÊNCIAS
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

A FORÇA DA FORMA


Mário Moura
Biblioteca Pública Municipal do Porto, Porto

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


LANÇAMENTO DA PUBLICAÇÃO

QUE SAIS-JE? LIVROS E EDIÇÕES DE ARTISTA DA COLEÇÃO DE SERRALVES




MUSEU DE SERRALVES - MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA
Rua D. João de Castro, 210
4150-417 PORTO

05 MAI - 05 MAI 2016


Será apresentada na Biblioteca de Serralves na próxima quinta-feira, às 19h00, a publicação “Que Sais-Je? Livros e Edições de Artista da Coleção de Serralves”. A apresentação desta publicação estará a cargo de Suzanne Cotter, diretora do Museu de Serralves.

A exposição “Que Sais-Je? Livros e Edições de Artista da Coleção de Serralves”, comissariada por Ricardo Nicolau, foi apresentada em estreia em 2015 no CAPC, musée d’art contemporain de Bordéus, naquela que foi mais uma colaboração internacional do Museu de Serralves com destacados museus internacionais, numa linha de atuação que promove a notoriedade de Serralves e de Portugal no mundo.

Em Janeiro de 2016 foi a vez da Biblioteca de Serralves receber a exposição, que vai buscar o seu título à famosa enciclopédia de bolso francesa fundada em 1941 e destinada a divulgar, junto do grande público, conhecimentos sobre uma ampla diversidade de temas.

“Que Sais-Je? Livros e Edições de Artista da Coleção de Serralves”, patente até 22 de maio em Serralves, permite reconhecer a forma como as edições de artista sempre apresentaram visões alternativas de “transmissão de conhecimento” e apresenta mais de trinta livros e edições de artista produzidos entre os anos 1960 e a atualidade por 24 artistas, todos representados na Coleção de Serralves: Pedro Barateiro, André Romão e Ricardo Valentim, John Bock, Alighiero e Boetti, Marcel Broodthaers, Stanley Brouwn, Paulo Bruscky, Ernst Caramelle, Isabel Carvalho e Pedro Nora, Claude Closky, Tacita Dean, Hans-Peter Feldmann, Robert Filliou, Dayana Lucas, Charlotte Moth, Bruno Munari, Paulina Olowska, Dieter Roth, Allan Ruppersberg, Richard Tuttle, Ben Vautier.

A publicação que agora é lançada em Serralves apresenta uma seleção de 26 livros e publicações, da autoria de 21 artistas. Inclui um ensaio do curador da exposição, Ricardo Nicolau, e reedições de textos de Chus Martínez, diretora do Instituto de Arte da Academia de Arte e Design de Basileia, e de Clive Phillpot, escritor, curador e ex-diretor da Biblioteca do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.