Alexandre Almeida


Ângela Berlinde


Inês d'Orey


José Bacelar


Luísa Ferreira


Mireille Loup


Monika Merva


Paulo Catrica


Tito Mouraz


Valter Vinagre

Exposições anteriores:

2017-11-09


WE DON’T KNOW EACH OTHER




2017-09-21


PODCASTS FOR PARENTS: Space Adventures and Social Activism




2015-11-11


I STOOD UP AND... NEVER SAT DOWN AGAIN




2015-09-08


ISSO - IN ONE WAY OR ANOTHER




2015-05-15


INSIDE OUTSIDE




2014-09-03


O MANIFESTO DA GRUTA




2014-05-05


ESTADO DE SÍTIO




2014-02-20


se não me engano, faz Angola




2013-11-05


DEAR STORIES




2013-09-06


ALÉM MARGEM(S)




2013-05-30


M.A. AND FRIENDS – Sete Artistas Ulissiponenses




2013-03-07


LES DAMES CHINOISES #3




2012-11-05


I WOULD PREFER NOT TO




2012-09-30


O SONHO DE WAGNER




2012-06-05


OS CULTUROFAGISTAS




2012-04-12


OBJET TROUVÉ




2011-11-24


URBSCAPES: Espacios de hibridación




2011-09-29


FOTÓGRAFOS-VIAJANTES & VIAGENS DE FOTÓGRAFOS




2011-06-30


QUINZE ENSAIOS




2011-05-12


LA BELLE ALLIANCE




2011-03-24


EXPLORAÇÃO DO PROCESSO DO IMAGINÁRIO




  
share |

DEAR STORIES


Alexandre Almeida, Ângela Berlinde, Inês d’Orey, José Bacelar, Luísa Ferreira, Mireille Loup, Monika Merva, Paulo Catrica, Tito Mouraz e Valter Vinagre

Curadoria Dear Sir

 

 

A exposição Dear Stories foi concebida na sequência de um convite do Museu da Imagem de Braga junto da Dear Sir - Agência de Fotografia de Autor. Esteve em exposição de Março a Maio de 2013 e é apresentada agora na Plataforma Revólver.
A Dear Sir, como agência, pretende aproximar de uma forma continuada a expressão fotográfica de autor junto do mundo empresarial e institucional. Paralelamente, incentiva o coleccionismo fotográfico, não só através da divulgação dos autores que representa, mas também com a publicação de obras de edição limitada com reconhecido valor no mercado.

 

“Dear Stories corporiza um conjunto de dez histórias de outros tantos autores. Melhor dizendo, o preâmbulo de narrativas individuais que constituem extractos de séries de cada um dos autores. Cada conjunto de imagens introduz uma ficção que pode ser reescrita e continuada por cada espectador e que, de alguma maneira, revela a ambiguidade, mas ao mesmo tempo, a riqueza do suporte fotográfico.
Numa época em que vivemos mergulhados num mundo de imagens e em que a construção fotográfica se tornou mais democrática do que nunca, acreditamos que a Dear Sir traz a público aquilo que consideramos um importante conjunto de fotografias que contribuem para uma enriquecida reflexão em torno dos discursos visuais da actualidade."

Rui Prata, Director do Museu da Imagem de Braga

 

Várias são as definições para fotografia de autor. Na Dear Sir interessa-nos a que legitima um fotógrafo no seu percurso, nos seus projetos, na forma como através da fotografia nos transmite a sua visão do mundo, com a sua estética e dimensão artística.
Cada artista apresentado conta-nos de si, através de imagens extraídas de projetos autorais de cada um.
Numa exposição coletiva deixamos histórias, únicas, convidando o público a ver em cada autor uma mensagem que invoca o diálogo entre os dois: artista e espectador.
São 10 exposições, são 10 histórias, 10 Dear Stories.

Alexandra Sousa, Dear Sir . Agência de Fotografia de Autor

  

 

EN


“Dear Stories: the Exhibition”


Dear Stories exhibition was performed in response to an invitation from the Image Museum of Braga (Museu da Imagem) addressed to Dear Sir –Author’s Photography Agency. Was showed from March to May 2013 and is now at Plataforma Revólver.
Dear Sir, as an agency, aims to approach author’s expression photography to business and institutional world. At the same time encourages the photographic collecting, not only through the dissemination of the authors it represents, but also with the publication of limited edition works with recognized market value.

 

“Dear Stories embodies a set of ten stories of many other authors. Rather, the preamble of individual narratives that constitute extracts sets of each of the authors. Each set of images introduces a fiction that can be rewritten and continued by each viewer, and that somehow reveals the ambiguity, but at the same time, the wealth of the photographic medium.
In an era in which we live immersed in a world of images and where the photographic construction became more democratic than ever, we believe that Dear Sir brings to the public what we consider an important set of photographs that contribute to enhanced reflection over speeches visual news."

Rui Prata, Director of Museu da Imagem, Braga

 

There are several definitions for author’s photography. In Dear Sir we are interested in the one that legitimizes a photographer in his way, in his projects, in the way that through photography he gives us his vision of the world, with its aesthetic and artistic dimension. 

Each artist here presented tells us about himself, through images of authorial projects.
In a group exhibition we bring you stories, unique, inviting the public to see on each author a message that invokes the dialogue between the two: artist and viewer.
There are 10 exhibits; there are 10 stories, 10 Dear Stories.

Alexandra Sousa, Dear Sir . Author´s Photography Agency

 

 

Vista da exposição | Imagem: Fabio Salvo

 


Registe-se para receber os convites das nossas exposições:

Nome:

Email:

Telefone:

Morada:

Localidade:

Código Postal:


Insira os caracteres: