Links

ENTREVISTA



ÂNGELA M. FERREIRA


Ângela Ferreira, directora artística dos Encontros da Imagem de Braga, fala-nos do seu percurso pessoal e da temática desta edição, assim como da trajetória de consolidação dos Encontros, que desde 1987 vêm aproximando o público à fotografia contemporânea.
LER MAIS

O ESTADO DA ARTE



RUI MOURÃO


OS NOSSOS SONHOS NÃO CABEM NAS VOSSAS URNAS: Quando a arte entra pela vida adentro – Parte I
Não faltam exemplos nacionais e internacionais de exposições e textos curatoriais com discursos que se apresentam como questionando os vigentes modelos económicos, financeiros, políticos, sociais ou culturais. Mas existe realmente um compromisso sério com esse questionamento? Até que ponto o atual sistema da arte contemporânea, e especialmente aqueles que mais beneficiam dele, estão realmente interessados numa verdadeira mudança do paradigma dominante?
LER MAIS

INAUGURAÇÃO 18 SET 2014 22H00 /// SÃO TRINDADE
(+)

PERSPETIVA ATUAL

PAULA PINTO


O TEU CORPO É O MEU CORPO (1965-1975): HISTÓRIA DE UMA OBRA QUE SE METAMORFOSEOU AO LONGO DA BIO-BIBLIOGRAFIA DE ERNESTO DE SOUSA
O TEU CORPO É O MEU CORPO é composto por uma série de documentos que permaneceram inéditos e inacabados no arquivo de Ernesto de Sousa. O presente texto cartografa a história desses documentos, que sem nunca terem existido enquanto obra acabada, se metamorfosearam ao longo da vida-obra ou da bio-bibliografia de Ernesto de Sousa.
LER MAIS


OPINIÃO

JOSÉ RAPOSO


RUMORES DE UMA REVOLUÇÃO: O CÓDIGO ENQUANTO MEIO.
A produção de um “blockbuster de verão” dedicado à cultura digital sobre o pretenso signo de revolução é reflexo de algumas questões caracterizadoras do nosso momento. Desde logo, a aproximação às mudanças ocorridas na esfera da produção artística provocadas pelos meios de produção digitais.
LER MAIS

ARQUITETURA E DESIGN

ANTÓNIO COXITO


A INCONSCIÊNCIA DE ZENO. MÁQUINAS DE SUBJECTIVIDADE NO SUPERSTUDIO*
Nos anos 60/70 do século passado foram lançadas sementes de contra-cultura que até hoje não deram o fruto projectado. No Design, uma das reacções manifestou-se no retorno à manualidade contra a mecanização, ao utilizador-construtor, à matéria-prima em lugar daquela já sintetizada e à pesquisa antropológica sobre o significado de necessidade.
LER MAIS

MÚSICA

RICARDO ESCARDUÇA


CARLA BOZULICH E NÓS, SOZINHOS NUMA SALA SOTURNA
Carla Bozulich, nascida em Nova York e residente em Los Angeles, ocupa um lugar assegurado no universo da art-punk. “Boy” dá sequência a uma fascinante trajectória de 30 anos de experimentação, desconstrução e reinvenção, ao longo dos quais fundou e encabeçou inúmeros projectos musicais.
LER MAIS

BLOGSITE EM RESIDÊNCIA

ENTREVISTA A ALBERTO GARCÍA-ALIX




TIM ETCHELLS: ON PERFORMANCE







PREVIEW

ART EDIFÍCIO TRANSBOAVISTA APRESENTA SETE NOVAS EXPOSIÇÕES


Na próxima quinta-feira 18 de Setembro, o edifício Transboavista inaugura uma nova programação a partir das 22h. O programa inclui não só diversas exposições de arte contemporânea, mas apresenta também o filme "Les Reves", da realizadora francesa Laetitia Laguzet.
LER MAIS

EXPOSIÇÕES ATUAIS

COLECTIVA

Journal


Institute of Contemporary Arts, Londres
Journal é um projecto curatorial bem sucedido, na medida em que, apesar da especificidade individual de cada proposta, o seu conjunto consegue estabelecer uma plataforma de debate em torno de obras, com relações entre si, que examinam histórias e geografias locais e globais com o intuito de pensar criticamente o presente.
Ana Balona de Oliveira

Larry Clark

Larry Clark – Tulsa, Teenage Lust


Foam Photography Museum, Amesterdão
O método de trabalho de Larry Clark assenta e explora as contaminações inevitáveis entre real e ficção, entrando de rompante no mundo idiossincrático dos adolescentes, mas saindo desse mesmo mundo numa relação de cumplicidade que desafia ainda mais a já complexa relação sujeito-objecto.
LER MAIS Ana Barroso

Helen Mirra

Habitat de Transição


Culturgest, Lisboa
Ao percorrermos as salas da Culturgest em Lisboa, temos em nós um espectador imbuído, cúmplice da obra de Mirra. Nas paredes começamos por vislumbrar algo a que poderíamos chamar uma subtil linha do horizonte, traçada a cerca de metro e meio de altura. Tem em si um universo poético semelhante ao Haiku.
LER MAIS Cláudia Ramos

Petrit Halilaj

I\'m hungry to keep you close. I want to find the words to resist but in the end there is a locked sphere. The funny thing is that you\'re not here, nothing is.


Kunsthalle Lissabon, Lisboa
Nos painéis brancos, outrora formando parte do ninho-gaiola, agora fazendo-nos lembrar voos e camas, estão os vestígios escatológicos de dois canários. Provas de um encontro a dois, com uma certa intimidade, do qual não fizemos parte, mas que podemos reconhecer, através dos restos dos fluidos corporais, agora secos.
LER MAIS Eva Oddo

PIRES VIEIRA

PIRES VIEIRA. ANTOLÓGICA: DA PINTURA À PINTURA.


MNAC - Museu do Chiado , Lisboa
O MNAC-Museu do Chiado recebe aquela que é a primeira retrospectiva de Pires Vieira, focando o seu trabalho de pintura. Tal como indica o título da exposição, é pintura que se volta sobre si mesma, que se descobre através da prática permanente. É pintura que se abre, se dobra, se estende para o chão.
LER MAIS Liz Vahia

Marina Abramovic

512 Hours


Serpentine Gallery, Londres
O site da Serpentine chama-lhe “New Durational Performance by Marina Abramovic”, estratégia de comunicação que nos remete para a capacidade de Marina repetir o acto performático durante dias e semanas, como aconteceu recentemente na retrospectiva sobre a sua obra “The Artist is Present” (2010) no MoMA.
LER MAIS Bárbara Valentina

DENNIS HOPPER

Dennis Hopper: The Lost Album


Royal Academy of Arts, Londres
Com mais de 400 fotografias, a exposição Dennis Hopper: The Lost Album revela o desejo do registro de uma juventude americana dos anos de 1960. O cenário é Los Angeles, a trilha sonora envolve The Byrds, Jefferson Airplane, tudo em preto e branco e um único leitmotiv: liberdade.
LER MAIS Isadora Hofstaetter Pitella