Links

ENTREVISTA



NUNO CERA


Nuno Cera foi o primeiro convidado do programa de residências artísticas em Macau promovido pela associação Babel. Com início em Setembro deste ano, o artista passou um mês a viver e a trabalhar em Macau, apresentando no próximo ano os resultados numa exposição que combinará também trabalhos anteriores. Esta residência tem como objectivo criar novos olhares sobre Macau, promovendo o intercâmbio internacional. Margarida Saraiva, curadora do programa de residências e responsável pela Babel, conversou com Nuno Cera sobre este e outros projectos recentes.
LER MAIS

O ESTADO DA ARTE



SÉRGIO PARREIRA


@MIAMIARTWEEK - O FUTURO AGENDADO NO ÉDEN DA ARTE CONTEMPORÂNEA
Num período de quase duas décadas em Miami, a Art Basel comunicou a sua relevância, demonstrou localmente porque é insubstituível enquanto gerador de dinâmicas neste mercado, retirando legitimamente os benefícios dessa excelência. Enquanto muitos dos eventos se apressam a crescer numa tentativa de acomodar a inflacionada procura, a Art Basel tem-se focado na otimização dos recursos, na consolidação das parcerias, assim como no reposicionamento do projeto em Miami.
LER MAIS

PERSPETIVA ATUAL

LAURA CASTRO


SINAIS FEMINISTAS NA ARTE SUL-AFRICANA: SEGREDO, PROTESTO E MEMÓRIA
O posicionamento social da mulher, a luta pela igualdade de direitos, a consciência ambiental, o activismo pacifista, o protesto político e a afirmação cultural das práticas artísticas no feminino diluem-se hoje em propostas individuais e grupos de artistas, em acções efémeras e peças duradouras, longe já da procura de definições essencialistas da arte feminista ou da conceptualização própria de momentos pioneiros. Em contexto pós-colonial, o feminismo abriu-se à demonstração da construção social, cultural e, também política do género.
LER MAIS


OPINIÃO

BEATRIZ COELHO


JOSEP MAYNOU - ENTREVISTA
Josep Maynou (1980) é um artista plástico espanhol, baseado nos últimos treze anos em Berlim. Formou-se na Universidade de Barcelona, tendo realizado erasmus em Londres e no Porto. Desde então, participou em diversas residências artísticas, entre elas, em Barcelona, Berlim, Nova Iorque, Istambul e Toulon, contando ainda com exposições pela Europa e nos EUA. Em Espanha, é representado pela Galeria Bombon Projects e em Portugal, pela Galeria Lehmann + Silva, onde se encontra patente a sua primeira exposição individual no país, intitulada Populaire, com curadoria de Arielle Bier, visitável até ao dia 29 de dezembro.
LER MAIS

ARQUITETURA E DESIGN

CARLA CARBONE


VICARA: A ESTÉTICA DA NATUREZA
A estética da natureza pode ser benéfica para a sociedade e para o ambiente? Pode. A natureza humana versus a “natureza artificial dos mecanismos”, parece ser uma eterna disputa. Branzi (1985) salienta o conceito de “neoprimitivismo”, um conceito que não pertence ao design moderno, no sentido da moda, e que não deseja ser o último “grito” de “avan-garde”, mas um conceito que representa “precisamente uma condição em que várias linguagens e atitudes depressa se fundem”, convergem e interagem. Aliás, é nesta atitude, que neste preciso momento, volta a ser permitido um elogio ao “decorativismo" naturalista e que, no decorrer do tempo, desde esse escrito de Branzi, até hoje, se tem vindo, a introduzir, a pouco e pouco, uma linguagem naturalista na cultura do design.
LER MAIS

MÚSICA

RICARDO ESCARDUÇA


LIGHTS ON MOSCOW – Aorta Songs Part I
Desde alguns concertos em 2010, fortuitos mas felizes, que não foram acompanhados por um registo material, era pacientemente aguardado o objecto que emprestasse forma à substância do projecto Lights on Moscow. Com expectativa, adiante-se, depois de experimentadas em simultâneo a serena intensidade e a intensa serenidade que coabitam paradoxalmente em “Lord Let Me Know”.
LER MAIS






PREVIEW

7ª edição - Encontros para Além da História | 12 e 13 Jan, CIAJG


Uma reflexão em forma de curadoria-coreografia sob o mote provocador “É preciso incendiar todos os museus!”.
LER MAIS

EXPOSIÇÕES ATUAIS

MARIANA SILVA

PAVILHÃO DAS FORMAS SOCIAIS


Museu da Cidade - Pavilhão Branco, Lisboa

Mariana Silva vai colocar lado a lado a pesquisa entomológica sobre comportamentos sociais dos insectos e a pesquisa sociológica sobre comportamentos colectivos humanos. A partir dos insectos, a metáfora da organização, a “sociedade perfeita” concretizada pela “mão invisível” da selecção natural, mas também o temor do alheio, massas de pequenos seres hiper-comunicantes são uma ameaça latente ao domínio da humanidade.
LER MAIS Bruno Caracol

ZULMIRO DE CARVALHO

ZULMIRO DE CARVALHO: ESCULTURA 1968-2018


Auditório Municipal de Gondomar, Gondomar
Uma obra domina esta exposição de Zulmiro de Carvalho: Ruptura, 1968-2018, série de 10 elementos metálicos, projectada em 1968 e só agora concluída. Na arte portuguesa constatam-se com alguma frequência obras que permanecem durante longo tempo no seu estado de potência, sem materialização imediata, por falta de oportunidade ou de recursos.
LER MAIS LAURA CASTRO

Francisca Aires Mateus

One Centimetre Apart


Águas Livres 8, Lisboa
A exposição One Centimetre Apart, de Francisca Aires Mateus - patente no espaço Águas Livres 8 até 20 de Dezembro – é muito sucinta. O texto que a acompanha diz-nos apenas que, durante doze dias da exposição, sete horas por dia, serão desenhadas linhas azuis de um em um centímetro (é a regra do desenho solitário) e que um coro as interpretará em dois momentos (aqui há mais regras, que a leitura, assim como tudo o que é partilhado, precisa de mais estrutura). Uma performance de longa duração (o contínuo desenho de linhas), uma performance sonora e o desenho que fica, o que se expõe continuamente.
LER MAIS CATARINA REAL

GUSTAVO JESUS

EXALTAÇÃO DO INTERVALO


Associação 289, Faro
O que difere o ato criador de um outro ato, também capaz de criar objetos? Esta questão é fulcral para o artista Gustavo Jesus. Na sua obra o jogo é um princípio ativador de um conjunto de ideias que o artista quer partilhar connosco.
LER MAIS MIRIAN TAVARES

COLECTIVA

A GUERRA COMO MODO DE VER: OBRAS DA COLEÇÃO ANTÓNIO CACHOLA


MACE - Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Elvas
A exposição teve como ponto de partida diferentes modos de ver o contexto político, social e cultural de um Portugal pós-revolução de Abril, [supostamente] livre e democrático na sua relação com o mundo contemporâneo.
LER MAIS LUÍS RIBEIRO

5ª EDIÇÃO

FUCKIN` GLOBO 2018


Hotel Globo, Luanda
Com a Fuckin` Globo está-se em presença da mais experimental, ousada, problemática, atípica e irreverente das exposições de arte patente agora ao público, tanto pelo modo como foi concebida como pela maneira como se projecta ao celebrar a arte à margem do oficialismo, do extremismo nacionalista, dos discursos identitários trasnoitados.
LER MAIS ADRIANO MIXINGE

COLECTIVA

BIENAL DE SÃO PAULO


Bienal de São Paulo, São Paulo
Segunda mais antiga e importante do mundo, a Bienal de São Paulo passa pela sua 33ª edição sem uma temática principal ou curador como figura maior. Pode-se pensar que esses elementos - ou a falta deles - transformariam os mais de 25 mil metros quadrados do Pavilhão da Bienal num excesso de informação visual e confusão de narrativas. O que se vê, pelo contrário, é o apreço pela organização e o cuidado pela experiência individual.
LER MAIS JULIA FLAMINGO