Links

ENTREVISTA



JORGE GASPAR e ANA MARIN


No final dos anos 1980 começaram a colecionar obras de jovens artistas portugueses constituindo uma colecção que entretanto se foi alargando. Hoje, instalados na vila alentejana do Alvito, desenvolvem vários projectos tendo os artistas e a arte contemporânea como agentes de intervenção local.
LER MAIS

O ESTADO DA ARTE



LUÍS RAPOSO


OS MUSEUS, A CRISE E COMO SAIR DELA
Realizámos há meses em S. Petersburgo a palestra inaugural da Conferência Internacional “Museus e Política”, no âmbito das comemorações do 250º aniversário do Museu do Hermitage, na qual procedemos a um balanço dos efeitos da crise sobre os museus neste nosso velho continente.
LER MAIS

::: NEW PLACES, OLD BONES ::: SÃO TRINDADE
(+)

PERSPETIVA ATUAL

LARA TORRES


THE FUTURE OF FASHION IS NOW
Lara Torres é designer e investigadora de moda, actualmente a frequentar um doutoramento na London College of Fashion; apresenta-nos um texto reflexivo sobre o projecto que desenvolve no âmbito dessa investigação, que pretende questionar os processos de produção e consumo no mundo da moda de hoje.
LER MAIS


OPINIÃO

JOSÉ RAPOSO


FILMES DE ARTISTA: O ESPECTRO DA NARRATIVA ENTRE O CINEMA E A GALERIA.
A democratização dos sistemas de projecção de vídeo, cujas especificações técnicas têm evoluído significativamente desde os anos 1990, coloca alguns desafios à política curatorial desenvolvida em torno da imagem em movimento, com consequências quer ao nível da exibição, quer do visionamento. Assembly reuniu trabalhos de cerca de 90 artistas, com enfâse em obras de ecrã único, próximos de uma ideia clássica da experiência cinemática.
LER MAIS

ARQUITETURA E DESIGN

BRUNO BALDAIA


TESOURO, MISTÉRIO OU MITO? A ESCOLA DO PORTO EM TRÊS EXPOSIÇÕES (PARTE I/II)
Há três meses atrás escrevi sobre as três exposições que este texto dá criticamente conta: “Por entre os momentos gloriosos de reconhecimento de mérito internacional que a Escola do Porto de arquitectura vai recebendo, estamos a assistir a um interstício de tempo interessante, um em que para lá ou, mais precisamente, para cá, desse reconhecimento se percebe uma procura de um auto-reconhecimento, aquele que já se dava por identificado, por assente."
LER MAIS

MÚSICA

RICARDO ESCARDUÇA


DELHIA DE FRANCE, PENTATONES E O LIRISMO NA ERA ELECTRÓNICA
Delhia tem construído a sua carreira musical e artística como a marcante e carismática frontwoman da banda germânica originária de Leipzig de electro-pop music Pentatones. Em paralelo, são incontáveis as colaborações pontuais de Delhia ao longo dos últimos anos com inúmeros produtores e artistas.
LER MAIS

BLOGSITE EM RESIDÊNCIA

LAWRENCE WEINER: THE MEANS TO ANSWER QUESTIONS




BILL VIOLA: THE TONE OF BEING







:: Sam Taylor-(Wood) Johnson - a sombra do artista

:: Pedro Barateiro no Museu Colecção Berardo

:: Jack Halberstam em conferência em Lisboa



PREVIEW

You Love Me, You Love Me Not - Arte contemporânea na Coleção Sindika Dokolo, 5 Mar a 10 Mai, Porto


Trata-se da mais importante mostra da coleção da Fundação Sindika Dokolo alguma vez concretizada, dedicando especial atenção à obra de artistas africanos contemporâneos.
LER MAIS

EXPOSIÇÕES ATUAIS

ISAAC JULIEN

PLAYTIME


Galería Helga de Alvear, Madrid

Isaac Julien começou por se notabilizar no cinema no início dos anos 90, tendo vencido o Prémio da Crítica no Festival de Cannes pelo filme Young Soul Rebels (1991). Particularmente na última década, o artista encetou uma exploração sobre o campo da arte através da fotografia e da vídeo-arte, tendo ficado conhecido pelos seus filmes-instalação perfilhados numa acuidade visual.
LER MAIS Sara Castelo Branco

COLECTIVA

PODE O MUSEU SER UM JARDIM?


Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto
Ainda que o título da exposição se constitua no modo interrogativo, a intenção do curador está claramente sitiada na proposta de uma visão do museu enquanto jardim: um lugar de deambulação, experiência, sinestesia e contemplação de diferentes formas, cores e objectos conciliados num espaço.
LER MAIS Sara Castelo Branco

COLECTIVA

LABORATÓRIO DAS ARTES 10 ANOS - TERRITÓRIO DE TRABALHO


Centro Cultural Vila Flor, Guimarães
É sob o signo da política e do território de trabalho que se elabora esta exposição, encontrando na resistência, no protesto, na formação de uma consciência cidadã pelas artes os valores essenciais contra o predomínio da vulgaridade, da opressão e da submissão face a uma cultura de convenção instalada.
LER MAIS Joaquim P. Marques Pinto

Ângela Ferreira

Monuments in Reverse


CAAA - Centro para os Assuntos de Arte e Arquitectura, Guimarães
Nascida em Moçambique, Ferreira dedicou-se ao estudo e à documentação da história recente do seu país de origem, nomeadamente no que diz respeito à produção televisiva e cinematográfica, confrontando, muitas das vezes espacialmente, os seus trabalhos com os de autores referenciais.
LER MAIS Alexandra João

RUI MACEDO

In situ: carta de intenções


Museu de Arte Contemporânea de Niterói, Rio de Janeiro
Poder-se-ia justificar o título da exposição no caráter site-specific das obras, isto é, como “instalações pictóricas” no espaço do museu. Contudo, a poética de Macedo nos recorda que site-specific, mais do que o elaborar de obras para determinado espaço, é o encontrar um laborar a partir de determinado espaço, tornando-o um lugar.
LER MAIS António Barros

COLECTIVA

Esta terra é a tua terra. Os anos 90 em Portugal, na Colecção dos Encontros de Fotografia


CAV - Centro de Artes Visuais, Coimbra
As imagens presentes nesta exposição surgiram de encomendas a 15 fotógrafos nacionais e estrangeiros, que se debruçaram sobre contextos territoriais específicos, tentando aferir uma ideia de realidade agarrada naquele momento. Um retrato do país, a meio caminho entre a revolução e o agora.
LER MAIS Liz Vahia

Mónica Miranda

Arquipélago


Carlos Carvalho Arte Contemporânea, Lisboa
O “palco” da galeria da Rua Joly Braga Santos acolhe uma série de fotografias e um vídeo nos quais Mónica de Miranda analisa o sentido ficcional e mitológico subjacente às conceções de ilha e de jardim botânico. Espaços que têm motivado a (re)construção e (re)imaginação do eu e do outro, do(s) centro(s) e da(s) periferia(s), bem como de diferentes culturas e lugares.
LER MAIS Ana Sécio