Inauguração "se não me engano, faz Angola" Imagem: Fabio Salvo


"se não me engano, faz Angola" | Imagem: Fabio Salvo


Poema inédito - Ondjaki


"se não me engano, faz Angola" | Imagem: Fabio Salvo


Inauguração "se não me engano, faz Angola" Imagem: Fabio Salvo


"se não me engano, faz Angola" | Imagem: Fabio Salvo


Ondjaki, poema inédito


Inauguração "se não me engano, faz Angola" Imagem: Fabio Salvo


"se não me engano, faz Angola" | Imagem: Fabio Salvo


Jordi Burch, da série "O Rosto da Paisagem 2/5", 2009-14


Jordi Burch, da série "O Rosto da Paisagem 2/5", 2009-14

Exposições anteriores:

2017-11-09


WE DON’T KNOW EACH OTHER




2017-09-21


PODCASTS FOR PARENTS: Space Adventures and Social Activism




2015-11-11


I STOOD UP AND... NEVER SAT DOWN AGAIN




2015-09-08


ISSO - IN ONE WAY OR ANOTHER




2015-05-15


INSIDE OUTSIDE




2014-09-03


O MANIFESTO DA GRUTA




2014-05-05


ESTADO DE SÍTIO




2014-02-20


se não me engano, faz Angola




2013-11-05


DEAR STORIES




2013-09-06


ALÉM MARGEM(S)




2013-05-30


M.A. AND FRIENDS – Sete Artistas Ulissiponenses




2013-03-07


LES DAMES CHINOISES #3




2012-11-05


I WOULD PREFER NOT TO




2012-09-30


O SONHO DE WAGNER




2012-06-05


OS CULTUROFAGISTAS




2012-04-12


OBJET TROUVÉ




2011-11-24


URBSCAPES: Espacios de hibridación




2011-09-29


FOTÓGRAFOS-VIAJANTES & VIAGENS DE FOTÓGRAFOS




2011-06-30


QUINZE ENSAIOS




2011-05-12


LA BELLE ALLIANCE




2011-03-24


EXPLORAÇÃO DO PROCESSO DO IMAGINÁRIO




  
share |

se não me engano, faz Angola


Jordi Burch | Ondjaki

 

A Plataforma Revólver tem o prazer de apresentar a exposição se não me engano, faz Angola, 18 fotografias que Jordi Burch realizou em Angola numa viagem através do país, feita com o escritor angolano Ondjaki que apresenta 9 poemas inéditos que dialogam com as imagens do fotógrafo.

A exposição foi anteriormente apresentada no Museu Afro Brasil no Estado de São Paulo.

 

Jordi Burch, da série "O Rosto da Paisagem 2/5", 2009-14

 


estão vivos os fantasmas

e aprenderam a

a uivar.

preparo os pés.

reinicio a caminhada.

carrego na mão

essa âncora

que ao estar no chão

me macera

o tornozelo.

evaporaram-se

as palavras

molhadas.

está nu

o meu estendal.

respiro. espero.

oxalá

que os pássaros

saibam

o caminho de volta

até mim.

 

Ondjaki

 

 

 

 

BIOGRAFIAS

 


///Jordi Burch (Barcelona, 1979)
Atualmente reside em São Paulo, Brasil.
Colabora com a Weekend Magazine do Financial Times e com o Le monde. Foi colaborador permanente da revista Grande Reportagem. Colaborou com a revista Pública (Jornal Público), Expresso, Visão e Egoísta. Tem trabalhos em publicações
internacionais, como a National Geographic, o Courrier International, a Playboy Russa e a Folha de São Paulo.
 

 

///Ondjaki (Luanda, 1977)
Licenciado em Sociologia, Ondjaki desde cedo despertou para a Literatura. Os prémios depressa apareceram. Em 2007, recebeu o “Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco” com a obra “Os da minha rua”. Na Etiópia, foi galardoado com o prémio “Grinzane for best african writer”, em 2008. No Brasil, foi vencedor do “Prémio Jabuti”, na categoria juvenil, com o livro “AvóDezanove e o segredo soviético”.

O seu livro “Os Transparentes” ganhou o “Prémio José Saramago”, em 2013.

  

NOTA: A exposição está aberta até sábado, 3 de maio 2014. (ver horários abaixo)

 

 

Plataforma Revólver (para a arte contemporânea)

 

Rua da Boavista 84 1200-068 Lisboa Portugal

Horário // Opening Hours:
Ter/Sáb: 14:00 - 19:00 // Tue/Sat: 2pm -7pm
(última entrada: 18:30 // last entrance: 6:30pm)
Encerrado nos feriados // Closed on public holidays

Como chegar // How to get here:
Autocarro // Bus: 774, 714
Eléctrico // Tram: 25E
Metro // Subway: Cais do Sodré

Mais informação // For more information:
http://transboavista-vpf.net/exposicoes
https://www.facebook.com/PlataformaRevolver

E: plataformarevolver@gmail.com
T: +351 213 433 259 | +351 961 106 590

 

 


Registe-se para receber os convites das nossas exposições:

Nome:

Email:

Telefone:

Morada:

Localidade:

Código Postal: