Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


ROUBO DE MURAL DE BANKSY NO BATACLAN FAZ SEIS PRESOS

2020-07-03




Seis pessoas foram presas em França devido ao roubo de um mural que Banksy realizou na sala de espetáculos Bataclan, em Paris. A obra, uma homenagem às vítimas do ataque terrorista de Paris em 2015, foi removida com rebarbadoras o ano passado (uma porta à prova de incêndios) por ladrões armados. O roubo foi denunciado por toda a França e a obra foi recuperada no início do mês de Junho numa quinta italiana.

"Estamos profundamente indignados", escreveu no Twitter o Bataclan após o roubo do mural. "O trabalho de Banksy, um símbolo de memória e que pertence a todos os habitantes locais, parisienses, e cidadãos do mundo - foi roubado!".

No dia 10 de junho, a polícia francesa, em colaboração com as autoridades italianas, descobriu o mural roubado no sótão de uma quinta abandonada na região de Abruzzo, em Itália. Os seis suspeitos foram presos em França numa operação coordenada liderada pela polícia de Paris. Segundo o The Guardian, dois foram acusados ​​de organizar o assalto, enquanto os outros quatro foram acusados ​​de ocultar o roubo. Os seis estão a aguardar julgamento em detenção.

A obra de arte, que apresenta uma mulher com um véu e uma expressão facial de tristeza, foi criada como um memorial aos ataques terroristas coordenados em Paris no dia 13 de novembro de 2015, que resultaram na morte de 139 pessoas. Esta foi uma das dezenas de obras feitas pelo artista britânico durante uma visita à capital francesa em 2018. Os Ladrões tentaram roubar outras obras produzidas durante este período, incluindo um desenho de stencil de um rato pintado no exterior do Centre Pompidou, criado para comemorar o 50º aniversário dos protestos estudantis contra o então presidente Charles de Gaulle em 1968.





FONTE: ARTnews