Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Downtime / Tempo de Respiração


MANON DE BOER
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Red Lines with Landscapes: Portugal


Evan Roth
Espaço Fidelidade Mundial Chiado 8 - Arte Contemporânea, Lisboa

Aurora | Desenhos e outros materiais


Pedro A.H. Paixão
Galeria 111 (Lisboa), Lisboa

O Coração e os Pulmões


Francisco Tropa
Galeria Quadrado Azul (Novo espaço em Lisboa), Lisboa

Electric - A Virtual Reality Exhibition


Coletiva
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

The I of the Beeholder


Musa paradisiaca
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Nuovo Cinema Galleria


Coletiva
Galeria Vera Cortês, Lisboa

Hangover + Be Part of Chaos (2016-2019)


Carla Filipe
Galeria Francisco Fino, Lisboa

Lendo resolve-se: Álvaro Lapa e a Literatura


ÁLVARO LAPA
Culturgest, Lisboa

2012 2020 Obras da Coleção António Cachola


COLETIVA
Museu de Arte Contemporânea de Elvas , Elvas

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


COLETIVA

FRIDAY 13TH




MOVART
Rua Castilho, Nº3


13 DEZ - 31 JAN 2020


FRIDAY 13TH será inaugurada no dia 13 de Dezembro de 2019, 18h:30, no PALAIS CASTILHO, Rua Castilho, nº 3, Lisboa, com obras das galerias MOVART e AINORI, Coleções Privadas de arte contemporânea, incluindo Cristiano Mangovo (AO), Eike König (DE), John Trashkowsky (CH), Gonçalo Mabunda (MOZ), Keyezua (AO), Thó Simões (AO) e Toy Boy (AO).

A colaboração entre as duas galerias visa encontrar um espaço vibrante criado através de uma variedade de projectos e colaborações entre artistas.

Aproveitando a nova fase criativa que vive a cidade de Lisboa, o NOT A MUSEUM junta no mesmo espaço a MOVART e a AINORI, numa exposição com artistas contemporâneos de diferentes realidades com objectivo de dar voz ao seu trabalho. O cenário da Lisboa actual tornou-se no ambiente perfeito para receber estes artistas com influências culturais que se misturam na contemporaneidade da cidade.