Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Et sic in infinitum


José Pedro Croft
Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva, Lisboa

INTERSECTIO


José de Carvalho e Peter Halley
Fundação Eugénio de Almeida - Centro de Arte e Cultura, Évora

Coleção da Farm Security Administration


COLECTIVA
CEFT — Casa dos Cubos, Tomar

Ninguém termina na ponta dos dedos


Sandra Valle
IMAGO, Lisboa

Vim para enterrar César


Gustavo Sumpta
CAPC - Círculo de Artes Plásticas, Coimbra

A Life on Stage


Peter Wächtler
Culturgest, Lisboa

Paisagem Continuada


Pedro Chorão
Galeria Monumental, Lisboa

OLHAR DE PERTO, PONTO DE INDECISÃO


JÚLIA VENTURA
Galeria Pedro Oliveira, Porto

Diário – dias incertos


Fátima Mendonça
Galeria 111, Lisboa

PARADEISOS


Henrique Vieira Ribeiro
Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


SÉRGIO FERNANDES

Dias Bárbaros




KUBIKGALLERY
Rua da Restauração, 2
4050-499 PORTO

19 NOV - 14 JAN 2023


INAUGURAÇÃO: 19 de Novembro, às 16h00, na Kubikgallery



Em Dias Bárbaros, Sérgio Fernandes reúne uma série de pinturas a óleo sobre papel de grandes dimensões onde procura através da disciplina da Pintura o entendimento do que está para além de, do não visível, do negro e do vazio. Dias Bárbaros é uma reflexão sobre o tempo, sobre o depois da morte e o antes da vida. Dias Bárbaros é o agora.


:::


Sérgio Fernandes é licenciado em Artes Visuais pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (2008) e pós-graduado em Artes Visuais/Poéticas Visuais pela Escola de Comunicação e Artes e da Universidade de São Paulo (2012). Em 2021/22 esteve em residência artística no Centro de Arte Oliva e em 2016 no espaço PIVÔ Arte e Pesquisa, em S. Paulo. A sua pesquisa artística baseia-se na relação direta entre luz e cor e de como essa relação é transposta para a pintura. Trabalha principalmente em pinturas a óleo de grandes dimensões. Os trabalhos sobre papel apresentam um lado mais íntimo da pesquisa pictórica.
Exposições individuais (seleção): "Fundo sem Fundo", Centro de Arte Oliva, São João da Madeira (2022), “Inside Here there are no stars”, Kubikgallery, Porto (2019); “Um Blue”, Centro de Arte de Ponte de Sôr (2018), “Solitude”, Kubikgallery, Porto (2016); “Things Behind Somewhere”, Espaço Cultural Mercês, Lisboa (2014); “O Homem Impulsivo”, Orfeu Bookshop, Bruxelas (2009).