Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

PARÓDIA CEGA


Emma Moro, Francisco Menezes, Léna Lewis-King e Vasco Barata
Museu Bordalo Pinheiro, Lisboa

Coco Chanel, além da moda


Gabrielle Chanel
Centro Cultural de Cascais, Cascais

Teínas, Ossos e Outras Iguarias desenhos


Sandra Macieira
Tinta nos Nervos, Lisboa

REVOLUÇÕES (1960-1975)


Júlio Pomar
Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa

Casa Vale Ferreira


João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira
Casa de Serralves, Porto

os dias estão numerados


Daniel Blaufuks
MAAT, Lisboa

Kubik Comporta Coletiva


COLECTIVA
Kubikgallery, Porto

The touching of the wound


COLECTIVA
DUPLACENA 77, Lisboa

Portugal Ano Zero: livros de fotografia da revolução


COLECTIVA
Centro de Arte Oliva, S. João da Madeira

ÀS ESCURAS


Rosa Carvalho
Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


STAN DOUGLAS

ISDN




FUNDAçãO DE SERRALVES
Rua D. João de Castro, 210
4150-417 PORTO

29 MAI - 12 JAN 2025


INAUGURAÇÃO: 29 de Maio às 11h30 na Fundação de Serralves, Porto


:::


Serralves apresenta esta terça-feira, dia 28 de maio, pelas 11h30, uma nova e importante exposição do artista canadiano Stan Douglas (Vancouver, Canadá, 1960), que marca um dos momentos mais significativos da sua programação para o primeiro semestre de 2024, ano em que celebramos o 50.º aniversário da Revolução do 25 de abril em Portugal.

Centrada no filme ISDN (2022), inicialmente concebido para a 59.ª Bienal de Veneza, a exposição apresenta um vibrante diálogo entre diferentes culturas e movimentos sociais, retratado através de uma performance musical fictícia entre rappers de Londres e do Cairo, cujos versos abordam questões fundamentais como raça, classe, amor, identidade e justiça. ISDN é uma instalação vídeo de dois canais em grande escala que explora a música como forma de colaboração cultural transcontinental. Encena um relato ficcionado de dois coletivos musicais, a decorrer em 2011, um em Londres com os rappers de Grime, Lady Sanity e TrueMendous, e outro no Cairo com os rappers de Mahraganat Raptor e Joker, trocando versos improvisados (freestyle), supostamente transmitidos por linhas ISDN.

Para além do filme, a exposição inclui também fotografias de grande formato inspiradas em momentos cruciais de mudança social no turbulento ano de 2011, que continuam a reverberar nos dias de hoje - como a Primavera Árabe e os protestos em Londres.

A exposição é organizada pela Fundação de Serralves - Museu de Arte Contemporânea.