Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Ciclo de cinema


Manoel de Oliveira Integral – O Visível e o Invisível
Cinemateca, Lisboa

19ª sessão do Ciclo Colecionar Arte


Pedro Alvares Ribeiro+José Pedro Croft
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

Ciclo de encontros, conversas e performances


Questões práticas: desaprender continuamente
Centro de Memória de Vila do Conde, Vila do Conde

LUZAZUL


Masterclass com Miguel Soares
FBAUP - Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto

Dissecação de Um Cisne


Miguel Bonneville
Teatro São Luiz, Lisboa

CHELSEA GIRLS


Andy Warhol
Cinemateca, Lisboa

www.we want waffles #1


JOÃO ESTEVENS
ESPAÇO ALKANTARA , Lisboa

Moi, Corinne Dadat


Mohamed El Khatib
Teatro Nacional D.Maria II, Lisboa

A Gulbenkian e o Cinema Português III


Ciclo de Cinema
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Bernardo Pinto de Almeida


Arte e Infinitude
Museu de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


GRISELDA POLLOCK

Screening the Seventies: Sexuality and Representation in Feminist Practice – a Brechtian Perspective




FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN
Av. de Berna, 45 A
1067-001 LISBOA

17 ABR - 17 ABR 2018


Conversa: 17 de Abril, às 17:30, Átrio da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian

Apresentação e leitura do texto de Griselda Pollock, «Screening the Seventies: Sexuality and Representation in Feminist Practice – a Brechtian Perspective», publicado no livro da autora, Vision and Difference: Feminism, Femininity and the Histories of Art.
Esta é apenas a primeira conversa. Outras se seguirão, até julho, com o objetivo de entender melhor a arte dos séculos XX e XXI. O ponto de partida será sempre o mesmo: um texto do catálogo da Biblioteca de Arte e Arquivos da Fundação.

Cada conversa será orientada por um convidado a quem caberá apresentar o tema e lançar questões. Abre-se depois espaço para o debate, para a conversa que se deseja participativa e onde o sentido especulativo possa ter lugar.

Curadoria de Sofia Nunes.